Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Abr de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Chanceleres do Brasil e da Venezuela se reúnem hoje em Nova York - Jornal Brasil em Folhas
Chanceleres do Brasil e da Venezuela se reúnem hoje em Nova York


Após a suspensão das relações entre Brasil e Venezuela, pela primeira vez os ministros das Relações Exteriores, Aloysio Nunes Ferreira, e o venezuelano, Jorge Arreaza, terão uma reunião hoje (27) às 12h40 (horário de Washington, EUA) e 13h40 (horário de Brasília). O encontro será em Nova York aproveitando que ambos participam das reuniões da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU).

A conversa ocorre nove meses depois da expulsão do embaixador brasileiro em Caracas, Ruy Pereira, e do acirramento das críticas do governo brasileiro à gestão do presidente venezuelano, Nicolás Maduro, e do êxodo de imigrantes venezuelanos.

No Brasil, a chegada diária de 600 a 800 venezuelanos, via Roraima, virou tema constante de política nacional e das eleições. O estado sofre com as ameaças de interrupção no fornecimento de energia da Venezuela e de ações de cooperação.

O ministro da Defesa, Joaquim Silva e Luna, foi à Venezuela, no começo do mês, e esteve com autoridades venezuelanas que asseguraram que não haveria desabastecimento de energia na região.

Além do Brasil, Colômbia, Equador e Peru também estão entre os países que mais recebem venezuelanos. O chanceler venezuelano afirmou hoje que os “meios de comunicação fabricam um conflito em torno de uma suposta crise migratória”.

Após a suspensão das relações entre Brasil e Venezuela, pela primeira vez os ministros das Relações Exteriores, Aloysio Nunes Ferreira, e o venezuelano, Jorge Arreaza, terão uma reunião hoje (27) às 12h40 (horário de Washington, EUA) e 13h40 (horário de Brasília).

O encontro será em Nova York aproveitando que ambos participam das reuniões da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU).

A conversa ocorre nove meses depois da expulsão do embaixador brasileiro em Caracas, Ruy Pereira, e do acirramento das críticas do governo brasileiro à gestão do presidente venezuelano, Nicolás Maduro, e do êxodo de imigrantes venezuelanos.

No Brasil, a chegada diária de 600 a 800 venezuelanos, via Roraima, virou tema constante de política nacional e das eleições. O estado sofre com as ameaças de interrupção no fornecimento de energia da Venezuela e de ações de cooperação.

O ministro da Defesa, Joaquim Silva e Luna, foi à Venezuela, no começo do mês, e esteve com autoridades venezuelanas que asseguraram que não haveria desabastecimento de energia na região.

Além do Brasil, Colômbia, Equador e Peru também estão entre os países que mais recebem venezuelanos. O chanceler venezuelano afirmou hoje que os “meios de comunicação fabricam um conflito em torno de uma suposta crise migratória”.

Edição: Kleber Sampaio

 

Últimas Notícias

Ex-presidente do Peru tenta se matar ao receber ordem de prisão
Ex-presidente do Peru está em estado grave após tentativa de suicídio
Governo argentino lança pacote de medidas para combater inflação
PRF apreende no Rio 300 mil maços de cigarros contrabandeados
Famílias de baixa renda de Brumadinho recebem auxílio emergencial
Governo autoriza uso da Força Nacional para segurança na Esplanada
Chega a 18 número de mortos no desabamento no Rio de Janeiro
Fachin pede manifestação de Moraes sobre inquérito de fake news

MAIS NOTICIAS

 

Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
 
 
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
 
 
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
 
 
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
 
 
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
 
 
Conflitos e segurança poderão contar pontos na avaliação de escolas

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - EXPEDIENTE