Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Preso no Rio negociador de arma de guerra apreendida pela polícia - Jornal Brasil em Folhas
Preso no Rio negociador de arma de guerra apreendida pela polícia


Policiais da Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas prenderam hoje(29), no Rio de Janeiro, Aryel Wolf Gang Ramos de Andrade, de 27 anos. Segundo os agentes, ele é apontado como o principal negociador da metralhadora Browning ponto 50, apreendida pela polícia na Barra da Tijuca, no dia 20 deste mês.

Na ocasião, dois homens foram detidos. A arma é capaz de furar a blindagem de um carro-forte e aeronaves, mede 1,68 metro e pesa 38 quilos. Ela dispara de 400 a 600 tiros por minuto, tendo uma precisão que alcança 1,5 km.

Aryel Andrade foi localizado em uma casa no bairro da Freguesia, em Jacarepaguá, após vários dias de investigação. Contra ele constam diversas anotações criminais, incluindo roubos a caixas eletrônicos.

De acordo com o delegado Delmir Gouveia, o armamento seria levado para o Rio Grande do Sul e usado para assaltar veículos de transporte de valores.

“Nós tínhamos a informação de que ele estaria escondido nas comunidades da Rocinha e da Cidade de Deus. Soubemos que nos últimos dias ele estava na Cidade de Deus e só se movimentava durante a noite. Fizemos um revezamento das turmas e vimos ele saindo de madrugada para o bairro da Freguesia. Esperamos o dia clarear e efetuamos a prisão”, contou o policial.

Delmir Gouveia disse, ainda, que Aryel, por ser muito forte, reagiu à prisão, entrando em luta corporal com os agentes, mas acabou dominado. “Ele foi levado para a delegacia onde foi autuado por resistência e dado cumprimento ao mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça”.

O policial disse que a prisão de Aryel é muito importante porque “ele tem diversas passagens por roubos a instituições financeiras e arrombamento de caixas eletrônicos com o uso de explosivos no Rio.

“Ele é ligado ao Comando Vermelho e essa metralhadora seria empregada em vários roubos a carros de entrega de valores no Rio Grande do Sul, devido ao seu alto poder ofensivo, mas com a retirada da arma de circulação, conseguimos evitar uma série de ações”, finalizou o delegado.

Edição: Kleber Sampaio

 

Últimas Notícias

Sul e Sudeste se unem e formam consórcio para ações conjuntas
Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
Feiras em São Paulo oferecem oportunidades de intercâmbio no exterior
Treze de 16 docentes relataram casos de agressão na escola de Suzano

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212