Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Secretaria nega surto de gripe H1N1 no Distrito Federal - Jornal Brasil em Folhas
Secretaria nega surto de gripe H1N1 no Distrito Federal


A Secretaria de Saúde do Distrito Federal negou hoje a ocorrência de um surto de gripe H1N1 no DF.

“Nós não temos nenhum tipo de surto de H1N1, a situação está absolutamente sob controle. Não há necessidade de nenhuma instituição de ensino fechar as portas ou suspender aulas”, afirmou hoje (2) o secretário de Saúde do Distrito Federal, Humberto Fonseca, em entrevista coletiva.

Dos 12 casos apresentados como suspeitos em duas escolas – quatro em Ceilândia e oito em Taguatinga – não houve uma única confirmação da existência do vírus e apenas um deles foi oficialmente notificado à secretaria na noite desta segunda-feira (1º). Segundo o secretário, todos os casos passaram por uma mesma instituição privada de saúde em Taguatinga.

“Nessas crianças foram feitos testes rápidos que são testes de triagem cuja qualidade ainda está sendo averiguada e que não permitem o diagnóstico. Então, não temos nenhuma confirmação em relação a essas 12 crianças de H1N1”, disse o secretário.

O teste feito nas crianças está sendo analisado pela Vigilância Epidemiológica junto com o Laboratório Central de Brasília.

A secretaria estuda autuar a instituição de saúde que atendeu as crianças por não ter notificado a suspeita da doença para a Vigilância Epidemiológica, procedimento obrigatório no caso de suspeita de H1N1. De acordo com Fonseca, os 12 casos suspeitos serão averiguados. “Vamos procurar as 12 crianças que tiveram os casos noticiados pela imprensa para fazer o teste de verdade, que é o teste de cadeia de polimerase para identificar o DNA viral e saber se houve a infecção por esse vírus.”

Neste ano, foram registrados no Distrito Federal 524 casos de síndrome respiratória aguda grave, com 16 óbitos em decorrência da doença. Desses casos, 68 foram confirmadas como gripe H1N1, com seis óbitos registrados em função da doença.

Edição: Nádia Franco

 

Últimas Notícias

Inep divulga resultado do Enem
Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
Inep divulga notas do Enem na sexta-feira
Bolsonaro sanciona Lei do Orçamento 2019 de mais de R$ 3,3 trilhões
Parlamento venezuelano aprova acordo para entrada de ajuda humanitária
Imigrantes hondurenhos sofrem com obstáculos para passagem de caravana
Militares vão atuar de forma mais intensa no Programa Mais Médicos

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212