Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


25 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Museu do Amanhã ganha prêmio internacional por modelo de gerenciamento - Jornal Brasil em Folhas
Museu do Amanhã ganha prêmio internacional por modelo de gerenciamento


O modelo de gerenciamento do Museu do Amanhã, instalado na região portuária do Rio de Janeiro, foi reconhecido com a conquista do Leading Culture Destinations Awards 2018 (LCD Awards), na categoria Melhor Organização Cultural do Ano para Promoção de Soft Power.

Para ganhar o prêmio, o Museu do Amanhã superou concorrentes de peso como o Louvre de Abu Dhabi e o Museu de Vancouver. O LCD Awards, considerado o Oscar dos museus, é o maior prêmio internacional concedido a instituições, organizações artísticas e cidades que são destinos culturais.

A categoria de Soft Power avalia ainda capacidade da instituição de influenciar positivamente a sociedade na qual ela está inserida e o quanto o museu é criativo o suficiente para engajar as pessoas nos temas que desenvolve. A expressão foi usada pela primeira vez pelo professor da Universidade Harvard Joseph Nye, no final dos anos 1980.

“Isso para nós é a essência de um museu. O propósito principal de um museu é que ele crie condições de receber os seus visitantes e as pessoas que vão ali usufruir daquela experiência, para que possam de alguma maneira serem tocados, impactados e leve os seus visitantes à reflexão sobre os temas”, disse o diretor-presidente do Museu do Amanhã, Ricardo Piquet, em entrevista à Agência Brasil.

Essa não foi a primeira vez que o espaço cultural é premiado. Em 2016, tinha recebido o título de Melhor Novo Museu do Ano das Américas e Caribe. No ano passado, conquistou o Prêmio Internacional Mipim Awards, em Cannes, por ser uma construção sustentável. Também em 2017, em Nova York, recebeu o reconhecimento da Brazil Foundation como gestão inclusiva.

“O Museu do Amanhã tem como base ética a sustentabilidade, que é a nossa relação com o planeta, e a convivência que é a nossa relação uns com os outros. Montamos a nossa programação, desde seminários, debates, eventos, feiras, laboratórios de pesquisa, para envolver as pessoas nestes dois temas. Isso é o que faz a diferença do prêmio na comparação aos outros prêmios que o museu já recebeu”, disse.

Inclusão social

Piquet lembrou que, como gestão inclusiva, o Museu do Amanhã desenvolve programas com moradores vizinhos e estudantes de 45 escolas da região portuária. Até agora, já foram concedidas 4 mil carteiras da instituição para que eles possam fazer visitas a qualquer momento. No caso das crianças, elas podem ser acompanhadas por um adulto.

“A criança convida o adulto e o convence que é uma boa visita. O custo-benefício é legal. Temos um programa, muito estudado e elogiado por outros museus, que trabalha o engajamento da comunidade vizinha como o primeiro público”, contou. O programa dá o convite para visitar a instituição e um ingresso para um outro museu de escolha do aluno. “A maioria, cerca de 80%, nunca frequentou um museu. Isso cria um fato novo e uma ambiência nova para os museus”, afirmou.

Além disso, todos os alunos das redes federal, estadual e municipal podem visitar o museu com ingresso grátis nas terças-feiras. “Recebemos, em média, 75 mil alunos por ano”.

Para Piquet, que representou a instituição na cerimônia de premiação, em Londres, o prêmio chegou no momento em que o Brasil atravessa uma situação conturbada.

“No momento de tanta coisa complicada e o mundo meio esquisito aqui no Brasil, após esta tragédia do Museu Nacional, a gente fica até meio constrangido em dar uma notícia boa. Acho que é o momento que leva a isso, mas temos que celebrar, sim, e que isso possa inspirar outras gestões e outros museus para que a gente leve boas notícias do Rio para fora”, observou.

Modelo de gestão

O Museu do Amanhã é uma iniciativa da Prefeitura do Rio, concebida em conjunto com a Fundação Roberto Marinho, patrocínio máster do Banco Santander e parcerias com empresas como Shell, IBM, IRB-Brasil RE, Engie, Grupo Globo e CCR. A administração é feita pelo Instituto de Desenvolvimento e Gestão (IDG), contratado pela administração municipal, dona do equipamento.

Segundo o diretor, o Museu vai fechar o ano com 85% da receita cobertos com fontes privadas como ações de patrocínio e ainda a venda de ingressos e eventos internos. Apesar das dificuldades financeiras da prefeitura, que reduziu este ano o seu orçamento com a instituição, serão liberados pelo governo municipal os 15% restantes.

“Com este esforço conjunto nós chegamos a 3 milhões e 100 mil visitantes em menos de 3 anos. Isso nos dá uma média superior a 1 milhão de visitantes por ano, que é um número relevante em qualquer lugar no mundo, principalmente aqui no Brasil. É o museu mais visitado no Brasil. O prêmio é um reconhecimento de um esforço coletivo”, apontou.

Edição: Davi Oliveira

 

Últimas Notícias

Jovens têm menos chance de contratação e mais de serem demitidos
Bolsa cai e dólar fecha em R$ 3,80
Araújo: dispensa de status especial na OMC nos coloca como país grande
Países sul-americanos devem sair de uma só vez da Unasul, diz ministro
Chanceler descarta emprego das Forças Armadas na Venezuela
Moçambique, Zimbábue e Malauí tentam identificar vítimas de ciclone
Nova Zelândia quer proibir, em abril, venda de armas do tipo militar
Conselho Europeu aceita prorrogar saída do Reino Unido para maio

MAIS NOTICIAS

 

Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
 
 
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
 
 
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
 
 
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
 
 
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
 
 
Conflitos e segurança poderão contar pontos na avaliação de escolas

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212