Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


25 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Eleitores do Amapá, Rondônia e DF podem fazer denúncias por WhatsApp - Jornal Brasil em Folhas
Eleitores do Amapá, Rondônia e DF podem fazer denúncias por WhatsApp


Os ministérios públicos eleitorais do Amapá, Rondônia e do Distrito Federal divulgaram um número de WhatsApp para que a população denuncie crimes eleitorais. Por esse canal, serão recebidas apenas mensagens, documentos e arquivos de imagem, áudio e vídeo que mostrem casos como o de transporte irregular de eleitores, compra de voto, coação, abuso de poder e propaganda eleitoral irregular.

Os procuradores eleitorais têm alertado que não serão recebidas chamadas telefônicas e pedem que as denúncias sejam feitas com a maior quantidade de detalhes e dados possíveis, como o local da ocorrência e o nome do candidato.

No Amapá, a ferramenta já foi usada em 2014. Na época, segundo o Ministério Público Eleitoral, foram recebidas mais de 8 mil denúncias. Os números disponibilizados são os seguintes: no DF, (61) 99291 5943; Amapá, (96) 98134 5151; e Rondônia (69) 98431-9783.

Onde não há o canal com as procuradorias, os eleitores podem usar outro aplicativo batizado de Pardal, que é um sistema disponibilizado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que permite o encaminhamento à Justiça Eleitoral e ao Ministério Público Eleitoral de notícias de infrações eleitorais.

A ferramenta do TSE está disponível para todos os sistemas operacionais e tem validade para campanhas de candidatos aos governos estaduais e a de senadores e deputados. O aplicativo não inclui as campanhas presidenciais.

Para registrar a denúncia, o cidadão pode enviar foto ou vídeo da suposta infração, apresentando uma descrição mínima da situação. Antes de encaminhar o material diretamente ao TRE, é preciso informar o Estado, o município, o bairro e o local da ocorrência, com endereço ou ponto de referência.

Edição: Davi Oliveira

 

Últimas Notícias

Jovens têm menos chance de contratação e mais de serem demitidos
Bolsa cai e dólar fecha em R$ 3,80
Araújo: dispensa de status especial na OMC nos coloca como país grande
Países sul-americanos devem sair de uma só vez da Unasul, diz ministro
Chanceler descarta emprego das Forças Armadas na Venezuela
Moçambique, Zimbábue e Malauí tentam identificar vítimas de ciclone
Nova Zelândia quer proibir, em abril, venda de armas do tipo militar
Conselho Europeu aceita prorrogar saída do Reino Unido para maio

MAIS NOTICIAS

 

Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
 
 
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
 
 
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
 
 
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
 
 
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
 
 
Conflitos e segurança poderão contar pontos na avaliação de escolas

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212