Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Fama garante vitória para alguns dos eleitos em 2018 - Jornal Brasil em Folhas
Fama garante vitória para alguns dos eleitos em 2018


Aproveitando alguns minutos de fama e outros com uma carreira de celebridade, alguns dos candidatos com esse perfil conseguiram se eleger para o Senado, a Câmara dos Deputados e também as assembleias estaduais. Eles representarão o Distrito Federal, Rio de Janeiro, São Paulo, Goiás, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Paraná. A maioria é estreante e com discursos conservadores e polêmicos.

Filho do apresentador de televisão Ratinho, Ratinho Júnior (PSD), 37 anos, venceu no primeiro turno para o governo do Paraná. Sem envolver-se em controvérsias, mesmo tendo trabalhado para o governo do PSDB que é denunciado por irregularidades, ele conseguiu ser eleito como o governador mais jovem do estado.

Senadora mais votada no Distrito Federal, com mais de 467 mil votos, a ex-campeã olímpica de vôlei Leila (PSDB) conquistou uma vaga. Ela estava como secretária de Esporte. O youtuber Luís Miranda (DEM), embora more em Miami, nos Estados Unidos, foi eleito um dos oito deputados federais pelo DF. Ele ficou conhecido ao exaltar em vídeos as vantagens de morar “na América”. Segundo ele, sua intenção é destacar as oportunidades.

Controvérsia

Em Goiás, o apresentador esportivo Jorge Kajuru (PRP) foi eleito como senador de Goiás com mais de 1,3 milhão de votos. Polêmico, ele atribui sua saída da televisão a pressões de políticos e agora promete ser uma espécie de fiscal na política.

No Rio Grande do Norte, o destaque é para o Capitão Styvenson Valentim (Rede), mais votado para o Senado. Policial militar, ficou conhecido na região pela severidade com que conduzia blitz a favor da Lei Seca para flagrar motoristas embriagadas.

O deputado estadual mais votado do Rio de Janeiro, com 140 mil votos, foi Rodrigo Amorim (PSL). Ele se tornou conhecido, sobretudo nas redes sociais, ao divulgar uma imagem em que aparece quebrando uma placa em homenagem à vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ), assassinada em 14 de março.

Exemplos

São Paulo é o estado que elegeu mais nomes de celebridades. Na lista, está Luiz Philippe de Orleans e Bragança (PSL-SP), eleito para a Câmara, sobrinho do chefe da Casa Imperial do Brasil, dom Luiz Gastão de Orleans e Bragança. Tanto ele como o tio defendem o retorno da monarquia no Brasil como meio para reorganizar o Estado e dar mais transparência à política.

Kátia Sastre, cabo da Polícia Militar de São Paulo, foi eleita deputada federal por São Paulo. Ela se tornou nacionalmente conhecida depois que matou um homem que tentava cometer um assalto em frente a um colégio, em Suzano (SP).

Nas últimas eleições, o palhaço Tiririca (PR-SP) esteve entre os dois deputados federais mais bem votados do estado. Desta vez, caiu de colocação. Em dezembro de 2017, ele ocupou pela primeira vez a tribuna para fazer um discurso, depois de mais de sete anos como parlamentar, e classificou como “vergonhosa” a atuação dos colegas, prometendo deixar a vida pública. Mas repensou, candidatando-se.

Ainda na onda dos artistas em São Paulo, o ator e produtor Alexandre Frota (PSL-SP) foi eleito para a Câmara, depois de trocar de partido e aproximar-se do candidato à Presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro. Fez campanha em favor do impeachment de Dilma Rousseff. Reeleita, a cantora e deputada estadual Leci Brandão (PSL-SP) permanecerá na Assembleia Legislativa de São Paulo.

Edição: Carolina Pimentel

 

Últimas Notícias

Receita cria chat para regularizar débitos de pessoas físicas
MP facilita registro de empresas nas juntas comerciais
Mudança em servidor foi a causa de instabilidade ontem, diz Facebook
Corte de pessoal gera economia de R$ 200 milhões, afirma presidente
TCU pede informações antes de decidir sobre leilão de ferrovia
Leilão de aeroportos testa novo modelo em blocos
Pretendentes já ofertaram R$ 2,3 bi no leilão de aeroportos
Aeroportos foram arrematados com ágio médio de 986%

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212