Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Dez de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 TRE-RJ: biometria do Detran dispensa eleitor de nova foto e digitais - Jornal Brasil em Folhas
TRE-RJ: biometria do Detran dispensa eleitor de nova foto e digitais


Os mais de 4,6 milhões de eleitores do estado do Rio de Janeiro que tiveram os dados da biometria importados do cadastro do Detran-RJ e que já fizeram a validação ontem (7), durante a votação do primeiro turno das eleições gerais, não vão precisar comparecer a um cartório eleitoral para tirar a foto e fornecer as digitais à Justiça eleitoral.

A informação foi confirmada hoje (8) pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ). Segundo o TRE, a validação “foi satisfatória” e agora esses eleitores poderão “ser dispensados pelo TSE [Tribunal Superior Eleitoral] de comparecimento futuro para coleta de suas digitais nos cartórios”.

Quanto às longas filas que se formaram para a votação de ontem, que chegaram a três horas de espera em algumas seções, o tribunal disse que o problema foi gerado “pela maior demora na digitação dos números de seis candidatos, assim como pela identificação biométrica, que ainda está em fase de implementação”.

Em nota, o TRE-RJ ressaltou que “o direito ao exercício do voto dos mais de 12,4 milhões de eleitores fluminenses foi garantido”.

Dos 12,4 milhões de eleitores aptos a votar no estado, 9,47 milhões compareceram às urnas ontem, domingo. A abstenção foi de 23,6% num total de 2,9 milhões de eleitores, segundo os dados do TSE para o resultado das eleições.

A nota do TRE-RJ não menciona os relatos de pessoas que compareceram a locais distintos de onde votariam, por causa do reordenamento feito pelo tribunal no ano passado e que extinguiu 84 zonas eleitorais para reduzir custos das eleições.

TRE substituiu 245 urnas

A totalização das 33.901 urnas eletrônicas utilizadas no pleito de ontem (7) no estado do Rio de Janeiro foi concluída às 23h16. Segundo o TRE-RJ, 245 urnas tiveram que ser substituídas, o que corresponde a 0,7% do total.

Segundo o tribunal, a eleição ocorreu sob “clima de polarização política” e com “circulação de inúmeras mensagens falsas ao longo de todo o dia”, mas que, apesar disso, “não houve incidentes relevantes no tocante à segurança do processo eleitoral”.

O TRE-RJ informou que a Coalizão Eleitoral, um comitê de ação integrada que reúne órgãos do Judiciário, do Ministério Público Eleitoral e da área de segurança, “desempenhou papel de fundamental importância para o bem-sucedido esquema de segurança das eleições, que, contou, ainda, com o valoroso apoio das Forças Armadas, inclusive no transporte de urnas em áreas conflagradas”.

A Secretaria de Estado de Segurança (Seseg) informou que foram feitos 220 atendimentos relacionados a crimes eleitorais ontem no estado. Foram 156 casos de boca de urna, cinco de compra de votos, um de falsidade ideológica, dois de impedimento ou embaraço ao exercício do voto, um referente à propaganda no dia da eleição, três casos de transporte irregular de eleitores, três de desobediência a ordens da justiça eleitoral, 30 bloqueios de via e 19 sobre outros crimes eleitorais.

Toda a segurança das eleições foi acompanhada durante todo o fim de semana por representantes de várias agências reunidos no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), na Cidade Nova, onde foram instalados o Gabinete de Gestão de Crise, o Centro Integrado de Operações Coordenadas e a Central de Inteligência.

Participaram do processo eleitoral no estado mais de 135 mil pessoas, entre mesários, juízes eleitorais, servidores e outros colaboradores.

*Matéria ampliada às 15h38

Edição: Kleber Sampaio

 

Últimas Notícias

Receita paga hoje as restituições do último lote do IRPF 2018
Mercado mantém estimativa de inflação em 3,71% este ano
BC anuncia que atividade econômica cresce 0,02% em outubro
Embraer e Boeing aprovam termos para fusão
Leilão da Ceal é adiado para o dia 28 de dezembro
Tesouro quitou no ano R$ 4,19 bi de estados e municípios inadimplentes
Paulo Guedes diz que pretende cortar até 50% das verbas do Sistema S
Com intervenção do BC, dólar começa semana em queda

MAIS NOTICIAS

 

Paulo Guedes diz que pretende cortar até 50% das verbas do Sistema S
 
 
Documentos de Ghosn são recolhidos de apartamento em Copacabana
 
 
COP24: países definem regras para implementar Acordo de Paris
 
 
Crise na Nicarágua se agrava, diz Comissão de Direitos Humanos da OEA
 
 
Regulamentação do mercado de carbono será decidida somente na COP 25
 
 
Coreia do Norte adverte EUA que sanções podem impedir desnuclearização

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212