Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


13 de Dez de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 EUA: alta de eleitores brasileiros leva à chamada de mais voluntários - Jornal Brasil em Folhas
EUA: alta de eleitores brasileiros leva à chamada de mais voluntários


O aumento de 41% no número do eleitorado brasileiro no exterior, registrando 500.727 pessoas, em comparação às eleições de 2014, fez com que as autoridades diplomáticas convocassem mais voluntários para o trabalho hoje (7), sobretudo, nos Estados Unidos. Somente em cidades norte-americanas, a previsão é que 160 mil brasileiros compareçam às urnas.

Os consulados brasileiros recrutaram voluntários e pediram apoio a organização não governamentais. As seções eleitorais nos Estados Unidos foram instaladas em 19 cidades norte-americanas. O consulado de Boston, em Massachusetts, fez campanha para conseguir a quantidade necessária de mesários.

As cidades de Boston e Miami são as que reúnem mais eleitores fora do Brasil, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ambas com 35.044 e 34.356 brasileiros aptos a votar, respectivamente. Nas últimas três décadas, o número de brasileiros residentes no exterior dispostos a votar só aumenta e já registra elevação de 2.707%. Para as eleições de hoje, estão inscritos 500.727 eleitores em 125 países para votar em mais de 171 cidades e em 33 localidades em que o Brasil não tem representações diplomáticas, segundo o TSE.

Eleitores no exterior eleições 2018

Boston

A coordenadora-geral eleitoral do Consulado-Geral do Brasil em Boston, Inês Soares, disse à Agência Brasil que este ano, 250 voluntários trabalham em cinco locais de votação: quatro na região de Boston e um em New Hampshire.

Inês Soares afirmou que o consulado fez um grande esforço para conseguir recrutar voluntários, além de ter apoio de algumas organização não governamentais brasileiras na região para conseguir chegar ao número de voluntários necessários.

Fizemos campanha nas redes sociais e nas rádios locais, que são o maior meio de comunicação da comunidade brasileira em Massachusetts, a embaixadora Glivânia Oliveira, fez um apelo pedindo que as pessoas participassem”, conta Inês.

Um mesário no exterior não tem obrigação de vir trabalhar nem ganha folga no trabalho como no Brasil. Por isso, a adesão das pessoas que se voluntariaram foi mesmo pelo desejo cívico de colaborar, ressaltou.

Nova dinâmica

Segundo Inês Soares, a dinâmica da votação este ano – em cinco locais – exigiu um número maior de pessoas trabalhando. A decisão de dividir os locais de votação também visa a melhorar o acesso de brasileiros, que, em 2014, tiveram apenas um local para o pleito.

Aqui há vários brasileiros sem documentação e muitos não têm carteira de motorista do estado e teriam que dirigir ou vir de trem para votar, sendo que muitos não dominam o inglês, disse. “Procuramos atender a comunidade segundo suas necessidades, que no caso era facilitar o acesso ao local de votação.”

Apoio

A brasileira Josiane Carolino vive em Atlanta há 8 anos e este ano decidiu trabalhar como mesária voluntária. Ela disse à Agência Brasil que é a primeira experiência de sua vida trabalhando em uma eleição. Senti o desejo de ajudar de alguma forma de contribuir com meu país.

Decidi participar, quando estava em uma reunião da comunidade brasileira, e o consulado disse que precisava de mesários voluntários. Então decidi ajudar, conta Josiane, que é diretora de um campus de uma faculdade na região de Atlanta.

O Consulado de Atlanta concentra brasileiros que vivem em cinco estados. Além da Geórgia, Alabama, Mississippi, South Carolina e Tennessee. Ontem (6), em grupos no Facebook, brasileiros dessas regiões compartilhavam informações sobre a votação. Alguns organizaram caravanas para Atlanta somente para votar.

Edição: Renata Giraldi e Talita Cavalcante

 

Últimas Notícias

Deputado Marlúcio entrega título de Cidadã Goiana a cantora Joelma
Fundo Nacional do Idoso é aprovado na Câmara
Aval do TCU é suficiente para cessão onerosa, dizem técnicos da Corte
Acordo possibilitará investimentos privados em segurança pública
Vazamento de óleo afetará reprodução da fauna em mangue, diz ONG
Temer e Bolsonaro lamentam tragédia em Campinas
Jungmann coloca PF à disposição para apuração de caso de Campinas
Ministro da Cultura inicia comemorações aos 200 anos da independência

MAIS NOTICIAS

 

Novo crediário para cartão é estudado para 2019, diz Febraban
 
 
Demanda por bens industriais cresce 0,3% em outubro
 
 
Diálogo Brasil debate projeto Escola sem Partido
 
 
Brasileiro é eleito para Associação Internacional de Seguridade Social
 
 
Polícia e MP de Goiás vão apurar denúncias contra médium João de Deus
 
 
ONG homenageia policiais militares mortos no estado do Rio

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212