Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Haddad cobra providências sobre suposto financiamento para fake news - Jornal Brasil em Folhas
Haddad cobra providências sobre suposto financiamento para fake news


O candidato à Presidência da República pelo PT, Fernando Haddad, afirmou, em Fortaleza, que tem sido “o centro de calúnias” de seu adversário Jair Bolsonaro (PSL).

Ele cobrou providências para que sejam conduzidas investigações sobre o suposto grupo de empresários que financiaria o envio em massa de mensagens falsas anti-PT na plataforma WhatsApp.

Esperamos que com o tranco [de anteontem, 18], essas denúncias tragam prisão preventiva de algum empresário, para que eles denunciem em delação o que que aconteceu na campanha dele, disse aos apoiadores que o aguardavam no Comitê Cultura, na Praia de Iracema.

Na capital cearense, Haddad participou de um ato político ao lado da mulher, Ana Estela Haddad, dos deputados federais Luizianne Lins e José Guimarães, ambos do PT, e do candidato ao governo do Ceará pelo PSOL, Ailton Lopes. Ele reiterou as críticas ao adversário e ressaltou que “modéstia à parte, o Brasil precisa mais de um professor que de um miliciano”.

Agenda

Na busca por angariar mais votos no Nordeste, onde o PT teve vantagem em vários estados, Haddad faz hoje (20) caminhada em Fortaleza e segue para atos organizados em Juazeiro do Norte e Crato, no Ceará.

No início da noite, o candidato segue para o Piauí, onde encontrará apoiadores na cidade de Picos, localizada a 307 km da capital, Teresina. No domingo (21), a previsão é ato em São Luís, no Maranhão.

Ontem (19), no Rio de Janeiro, Haddad reclamou do que classifica como “Justiça analógica” para apurar o que chama de “tsunami cibernético”, referindo-se à avalanche de notícias falsas disseminada nesta campanha eleitoral. O assunto está em investigação e a Polícia Federal pode ser acionada para apurar.

Edição: Kleber Sampaio

 

Últimas Notícias

Mercado financeiro prevê inflação em 4,02% neste ano
Consultas de CPFs para vendas a prazo no comércio crescem 2,8%
Bolsonaro assina amanhã decreto que flexibiliza posse de armas de fogo
Governo pretende unificar documentos em base digital
Governo editará medidas sobre posse de armas e fraudes na Previdência
Bolsonaro vai a Davos mostrar um Brasil livre de amarras ideológicas
Bolsonaro almoça no Ministério da Defesa
Ministro diz que há consenso para Brasil permanecer no Acordo de Paris

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212