Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Monja Coen fala sobre budismo e violência no Um olhar sobre o mundo - Jornal Brasil em Folhas
Monja Coen fala sobre budismo e violência no Um olhar sobre o mundo


Como explicar que um país como Myanmar, onde 95% da população é budista, religião que tem a paz como um de seus fundamentos, tenha promovido o massacre da minoria muçulmana rohingya e forçado cerca de 800 mil pessoas a fugir do país para viver miseravelmente nos campos de refugiados em Bangladesh? Esta e outras perguntas sobre o budismo e a violência são feitas pelo jornalista Moisés Rabinovici e respondidas pela monja Coen Rōshi, primaz fundadora da Comunidade Zen Budista, no programa Um olhar sobre o mundo, que vai ao ar pela TV Brasil na segunda-feira (22), às 21h45.

A monja Coen, que é autora, ao lado do historiador Leandro Karnal, do livro O inferno somos nós, explica que, embora Myanmar, a antiga Birmânia, seja um país de maioria budista, a perseguição aos rohingya é comandada por grupo de militares e pelo governo, não pela população. A questão não é religiosa. O fato do país ser budista não significa que as pessoas que estão lá pratiquem o budismo. As pessoas que estão cometendo esses atos estão representando o governo, são forças militares. O país esteve muito tempo sob um controle militar que criou discriminação e aumentou o preconceito, explica a religiosa.

Ela também relata histórias ocorridas em outros países envolvendo budistas e ressalta que os princípios do budismo são absolutamente contrários à violência. Mesmo os budistas que foram obrigados a participar de guerras, como as que ocorreram entre Japão e China ou na Segunda Guerra Mundial, ao final desses confrontos se dedicaram a pregar a paz e os princípios da não violência. Alguns monges budistas foram inclusive viver nos Estados Unidos com o objetivo de pregar a paz no país que tinha sido o grande inimigo do Japão. A monja Coen fala também sobre os monges que se imolavam para chamar a atenção sobre os horrores da guerra do Vietnã.

Com a experiência de 35 anos como missionária oficial da tradição Soto Shu, que tem sede no Japão, Cohen explica as possibilidades da meditação como forma de melhorar as pessoas e a sociedade. O mundo é muito mais vasto que os valores da minha família, do meu grupo social. A gente pode expandir a consciência, que é o que eu acho que a meditação faz, explica a monja.
Sobre o programa

Com 40 anos de experiência, 16 dos quais vividos como correspondente internacional em vários países, o jornalista Moisés Rabinovici é o apresentador do programa Um olhar sobre o Mundo, transmitido semanalmente às segundas-feiras pela TV Brasil.

Antes de comandar esta atração da TV Brasil, Rabinovici trabalhou na imprensa escrita e em emissoras de rádio. Para entrevistar seus convidados e tratar de inúmeros temas que são notícia, usa o conhecimento reunido em grandes coberturas internacionais, inclusive como repórter de guerra e analista de política.

Rabinovici, que em suas andanças pelo mundo já entrevistou grandes líderes e personalidades de vários países, recebe toda segunda-feira, nos estúdios da TV Brasil em São Paulo, especialistas, estudiosos e jornalistas para debater os principais acontecimentos do momento.
Serviço:

Um olhar sobre o mundo - segunda-feira, dia 22, às 21h45, na TV Brasil

Edição: Maria Claudia

 

Últimas Notícias

Inep divulga resultado do Enem
Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
Inep divulga notas do Enem na sexta-feira
Bolsonaro sanciona Lei do Orçamento 2019 de mais de R$ 3,3 trilhões
Parlamento venezuelano aprova acordo para entrada de ajuda humanitária
Imigrantes hondurenhos sofrem com obstáculos para passagem de caravana
Militares vão atuar de forma mais intensa no Programa Mais Médicos

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212