Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Abr de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Em maratona de votação, deputados argentinos aprovam Orçamento de 2019 - Jornal Brasil em Folhas
Em maratona de votação, deputados argentinos aprovam Orçamento de 2019


Em uma sessão tensa e tumultuada, a Câmara dos Deputados da Argentina aprovou por 138 votos a favor, 103 contra e 8 abstenções em primeira votação o Orçamento para 2019. Na imprensa do país, a votação foi classificada como “maratona”, pois superou 14 horas.

O texto inclui redução de gastos públicos no esforço de alcançar a meta de déficit fiscal definido pelo Fundo Monetário Internacional (FMI), e uma série de outras medidas. O Orçamento ainda tem de ser votado no Senado.

Os governistas apelaram para aprovação do texto em nome do fim do estresse social e a busca pela redução da inflação. A Argentina passa por uma grave crise econômica com desvalorização da moeda e inflação projetada de mais de 40% para este ano, além da previsão de queda da atividade econômica de 2,6%.

O governo Mauricio Macri recorreu a dois empréstimos do FMI, que impôs severas exigências para sua concessão.

Propostas

Pelo texto do Orçamento, proposto pelo governo Mauricio Macri, é necessário cortar despesas em todas as áreas para reduzir a zero o déficit fiscal primário e investir 70% dos recursos em gastos sociais, entre outros pontos.

As metas fazem parte do acordo concluído com o Fundo Monetário Internacional, que assegura um auxílio financeiro para a Argentina de 57,1 bilhões de dólares até o primeiro trimestre de 2020.

Pela proposta do governo, a inflação projetada para 2019 deve ficar em torno de 23% e o dólar a $ 40,10 (pesos argentinos).

Conflitos

Ontem (24), durante a votação houve confrontos entre manifestantes contrários ao governo e forças policiais. Os manifestantes jogaram pedras e paus contra os policiais, que reagiram com bombas de gás lacrimogêneo e balas de borracha.

*Com informações da Telam, agência pública de notícias da Argentina

Edição: Kleber Sampaio

 

Últimas Notícias

Ex-presidente do Peru tenta se matar ao receber ordem de prisão
Ex-presidente do Peru está em estado grave após tentativa de suicídio
Governo argentino lança pacote de medidas para combater inflação
PRF apreende no Rio 300 mil maços de cigarros contrabandeados
Famílias de baixa renda de Brumadinho recebem auxílio emergencial
Governo autoriza uso da Força Nacional para segurança na Esplanada
Chega a 18 número de mortos no desabamento no Rio de Janeiro
Fachin pede manifestação de Moraes sobre inquérito de fake news

MAIS NOTICIAS

 

Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
 
 
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
 
 
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
 
 
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
 
 
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
 
 
Conflitos e segurança poderão contar pontos na avaliação de escolas

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - EXPEDIENTE