Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Forças Armadas e PM destroem trincheiras do tráfico na Cidade de Deus - Jornal Brasil em Folhas
Forças Armadas e PM destroem trincheiras do tráfico na Cidade de Deus


O setor de Engenharia do Comando Conjunto das Forças Armadas realizou hoje (31), na comunidade da Cidade de Deus, zona oeste do Rio, a desobstrução de ruas e a destruição de abrigos utilizados por criminosos para a realização de disparos de fuzis e pistolas contra as forças de segurança do Estado em apoio a uma operação do Comando de Operações Especiais da Polícia Militar.

É o segundo dia seguido que moradores da Cidade de Deus têm sua rotina prejudicada pela violência na comunidade. Os postos de saúde e as escolas públicas da região não abriram, por medida de segurança.

Os militares do Exército derrubaram um “muro do tráfico”, onde os criminosos se escondiam e tinham visão privilegiada das forças de segurança que entravam em operação na favela. O muro servia de trincheira e tinha até um tipo de escotilha, onde os traficantes apoiavam fuzis e pistolas para atirar.

Ontem (30), quando o carro blindado da PM entrou na Cidade de Deus para dar cobertura a uma operação, os traficantes usaram o muro para se esconder e atirar nos militares. A ação foi mostrada pelo helicóptero da Rede Globo que fazia tomadas áreas da movimentação da tropa e dos traficantes.

Na ação, o Comando Conjunto empregou viaturas blindadas e equipamentos pesados de engenharia, contabilizando um total de 12 vias de acesso à Cidade de Deus liberadas e mais de 20 barricadas e abrigos removidos, com o uso de britadeiras e retroescavadeiras.

A PM atuou na comunidade com as tropas de elite da corporação, formadas pelo Batalhão de Operações Especiais, Batalhão de Choque, Batalhão de Ações com Cães e um helicóptero para dar suporte às equipes de terra. Com a chegada da polícia, criminosos incendiaram pneus e caixotes. Os cães farejadores encontraram uma grande quantidade de entorpecentes e dois homens com mandados de prisão em aberto foram detidos e encaminhados à delegacia de polícia.

Desde o início da intervenção federal, em fevereiro deste ano, aproximadamente 1.200 barricadas instaladas por criminosos em comunidades já foram retiradas no estado do Rio de Janeiro.

Edição: Davi Oliveira

 

Últimas Notícias

Atos em Brasília marcam os 50 anos da Receita Federal
Temer pede que brasileiros reflitam sobre questão racial
Grafiteira faz mural de 500 m2 no Rio para homenagear mulheres negras
Dia da Consciência Negra é comemorado no Rio com homenagem a Zumbi
Estados poderão decidir se darão aulas a distância no ensino médio
Moro escolhe delegados da Lava Jato para PF e departamento do MJ
Estudante poderá escolher área a ser avaliada no segundo dia do Enem
PF prende suspeitos de ligações com facções criminosas em sete estados

MAIS NOTICIAS

 

Estimativa do mercado para inflação cai pela quarta vez seguida
 
 
Autoridades de Cuba anunciam retorno de médicos antes do fim do ano
 
 
Guatemala monitora atividades de vulcão que pode ter novas erupções
 
 
Ex-CEO da Nissan é preso no Japão suspeito de reduzir próprio lucro
 
 
Governador eleito do Rio promete nova concessão para o Maracanã
 
 
Relatório alerta que há 45 barragens sob ameaça de desabamento

 


 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212