Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Chuva deixa Rio de Janeiro em estágio de atenção e causa alagamentos - Jornal Brasil em Folhas
Chuva deixa Rio de Janeiro em estágio de atenção e causa alagamentos


O município do Rio de Janeiro entrou em estágio de atenção às 21h15 de hoje (7) devido à atuação de áreas de instabilidade, com intensidade moderada a forte, na Bacia da Baía de Guanabara e se deslocaram em direção à cidade do Rio de Janeiro. A chuva forte provocou alagamentos em vários bairros do município e foi precedida de ventos fortes.

As áreas de instabilidade provocam pancadas de chuva com intensidade de moderada a forte, ocasionalmente muito forte, na zona norte da cidade. De acordo com o Sistema Alerta Rio, a previsão para as próximas horas é de chuva moderada na cidade do Rio de Janeiro, podendo ser forte em pontos isolados.

O estágio de atenção é o segundo nível em uma escala de três e significa a possibilidade de chuva moderada, ocasionalmente forte, nas próximas horas.

Ações preventivas

A prefeitura do Rio faz um alerta à população para que tome algumas ações preventivas, como permanecer em locais seguros e evitar áreas sujeitas a alagamentos ou deslizamentos. Os moradores de áreas de risco precisam ficar atentos aos alertas sonoros. O acionamento das sirenes indica perigo de deslizamento. As pessoas devem se deslocar para os pontos de apoio estabelecidos pela Defesa Civil Municipal. Os locais são informados pelo número 199.

A prefeitura também pede que não se coloque lixo para recolhimento nos pontos de coleta. A água da chuva pode levar o lixo e entupir bueiros e galerias de águas pluviais.

Frente fria

A meteorologista do Alerta Rio, Cristiane Nascimento, disse que o tempo para os próximos dias será influenciado pela passagem de uma frente fria pelo oceano, que causará instabilidade na região. “Após essa passagem ventos úmidos vindos do oceano vão entrar no continente, com ventos moderados a fortes, que poderão alcançar os 70 km/h, disse.

De acordo com o Alerta de Cheias, do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), o rio que corta o distrito de Xerém, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, está em estágio de atenção. Os demais rios da região permanecem em estágio de vigilância.

A chuva também atingiu à região serrana. Os rios Bengala, Cônego e Córrego Dantas, em Nova Friburgo, estão em estágio de atenção e podem chegar aos rios das cidades de Teresópolis e Petrópolis, que ficam mais abaixo.

Edição: Fábio Massalli

 

Últimas Notícias

Estimativa do mercado para inflação cai pela quarta vez seguida
Autoridades de Cuba anunciam retorno de médicos antes do fim do ano
Guatemala monitora atividades de vulcão que pode ter novas erupções
Marcelo Piloto é extraditado do Paraguai para o Brasil
Ex-CEO da Nissan é preso no Japão suspeito de reduzir próprio lucro
Governador eleito do Rio promete nova concessão para o Maracanã
Relatório alerta que há 45 barragens sob ameaça de desabamento
Relatório alerta que há 45 barragens sob ameaça de desabamento

MAIS NOTICIAS

 

Estimativa do mercado para inflação cai pela quarta vez seguida
 
 
Autoridades de Cuba anunciam retorno de médicos antes do fim do ano
 
 
Guatemala monitora atividades de vulcão que pode ter novas erupções
 
 
Ex-CEO da Nissan é preso no Japão suspeito de reduzir próprio lucro
 
 
Governador eleito do Rio promete nova concessão para o Maracanã
 
 
Relatório alerta que há 45 barragens sob ameaça de desabamento

 


 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212