Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Mudança no nome da Macedônia causa crise no governo da Grécia - Jornal Brasil em Folhas
Mudança no nome da Macedônia causa crise no governo da Grécia


O ministro da Defesa da Grécia, Panos Kammenos, renunciou ao cargo em protesto contra o acordo entre gregos e macedônios para a mudança no nome do país vizinho para República da Macedônia do Norte, com capital em Skopje. A decisão forçou o primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras, a pedir hoje (13) ao parlamento grego uma moção de confiança ao governo.

Líder do partido Gregos Independentes, Kammenos apoiava a coalizão do governo com sete deputados, garantindo a maioria absoluta para o governo liderado pelo Syriza, partido político de esquerda da Grécia. Com a saída do ministro, abriu-se uma crise política no país que levou o primeiro-ministro grego a pedir a votação o quanto antes de uma moção de confiança ao governo.

O parlamento grego tem 300 deputados. Com a debandada dos Gregos Independentes, o número de cadeiras do governo cai de 152 para 145.

O parlamento da Macedônia aprovou na sexta-feira (11) reforma constitucional para a mudança do nome do país, mas a troca ainda depende da confirmação pelo parlamento grego. A disputa entre os dois países arrasta-se há quase 30 anos por causa de uma província no norte da Grécia chamada Macedônia. Os gregos reivindicam que apenas aquela região possa ser nomeada como tal.

A atual Macedônia, país que deve ganhar o sufixo do Norte, fazia parte da antiga Iugoslávia até 1991, quando declarou independência. Parte dos gregos, no entanto, não aceitam o novo nome do país vizinho, pois ainda contém o termo Macedônia.

O acordo entre os dois países pela mudança do nome foi assinado em junho do ano passado, após uma disputa que levou a Grécia a boicotar a adesão do país vizinho à União Europeia e à Organização do Tratado do Atlântico Norte.

*Com informações da RTP

Edição: Wellton Máximo

 

Últimas Notícias

Inep divulga resultado do Enem
Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
Inep divulga notas do Enem na sexta-feira
Bolsonaro sanciona Lei do Orçamento 2019 de mais de R$ 3,3 trilhões
Parlamento venezuelano aprova acordo para entrada de ajuda humanitária
Imigrantes hondurenhos sofrem com obstáculos para passagem de caravana
Militares vão atuar de forma mais intensa no Programa Mais Médicos

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212