Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Caminhada espacial é encurtada por água em capacete de astronauta - Jornal Brasil em Folhas
Caminhada espacial é encurtada por água em capacete de astronauta


A entrada de água no capacete do astronauta americano Tim Kopra tornou necessário o fim de uma caminhada espacial que acontecia nesta sexta-feira, na Estação Espacial Internacional (ISS), informou a Nasa.

A tripulação não está em perigo, disse o comentarista do canal da Nasa, Rob Navias, após Kopra informar que havia sentido uma gota dágua depois de quatro horas de caminhada espacial.

A situação lembra um incidente de 2013, quando o capacete do astronauta italiano Luca Parmitano rapidamente começou a se encher dágua, colocando-o em risco de afogamento.

Isso não é nem de perto tão grave quanto o que aconteceu em 2013, disse Navias.

O astronauta britânico Tim Peake, que fez sua primeira caminhada espacial nesta missão, disse que observou uma película de água no capacete do colega.

Kopra, de 52 anos, disse que o globo de água tinha uns 10 centímetros de comprimento e cinco centímetros de largura, o que indicava que a fuga pode ter vindo do sistema de refrigeração da roupa, contou Navias.

Ao sair mais cedo, o astronauta americano registrou uma leitura alta de dióxido de carbono em seu traje especial mas não sentiu sintomas e a missão decidiu que o alarme se devia a um sensor defeituoso.

O tamanho era motivo de preocupação, disse o diretor da Nasa, Chris Cassidy, depois que a tripulação voltou a salvo para a estação orbital.

Pouco depois, o diretor de voo Royce Renfrew na missão de controle soube que Kopra estava sentindo umidade em seu capacete, e decidiu encurtar a caminhada espacial.

Neste momento, a equipe da missão principal, que devia substituir um regulador voltaico quebrado, já havia completado seu trabalho.

A caminhada espacial terminou depois de quatro horas e 43 minutos.

Enquanto isso, Parmitano, o astronauta italiano, escreveu no Twitter que está feliz de ter de volta seus colegas na base orbital. É assim que eu meço o sucesso: 1) A tripulação está a salvo 2) O objetivo foi alcançado, escreveu.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212