Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Rio terá primeiro presídio vertical do país, anuncia Witzel - Jornal Brasil em Folhas
Rio terá primeiro presídio vertical do país, anuncia Witzel


O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, anunciou hoje (4) que o estado terá o primeiro presídio vertical do Brasil, com nove andares, capaz de alojar 5 mil presos. A estrutura será erguida no espaço de uma unidade penal do Complexo de Bangu, o Presídio Plácido de Castro, que está em más condições de conservação, de acordo com o governador.

Witzel ressaltou que a ampliação do sistema penitenciário também é uma resposta às medidas propostas nesta segunda-fera pelo ministro da Justiça, Sergio Moro, de endurecimento das leis penais.

“A primeira questão que eu coloquei para o ministro Sergio Moro, ainda em dezembro, foi o impacto disso no sistema carcerário. Nós estamos desenvolvendo aqui no Rio de Janeiro um modelo de presídio vertical, com nove pavimentos, que pode acondicionar em cada cela de seis a oito presos. Isto já está em andamento, nós já estamos fazendo um projeto básico para encaminhar ao Departamento Penitenciário [Nacional]”, disse Witzel, que participou hoje da posse do novo presidente do Tribunal de Justiça (TJ), desembargador Cláudio de Mello Tavares.

Segundo o governador, o presídio vertical deve custar de R$ 60 milhões a R$ 80 milhões e representará uma modernização no sistema penitenciário estadual. “Imaginem que nós poderemos, com R$ 800 milhões, termos 70 mil novas vagas aqui no estado”, calculou Witzel.

O governador disse que o prédio será construído o mais breve possível e que o projeto está sendo tocado pela Secretaria Estadual de Obras, em um primeiro momento, para reduzir custos: “Estou andando com o projeto de forma acelerada, para que a gente consiga implementar esse presídio, que será uma inovação em termos de estabelecimento prisional no Brasil. Isto tudo está sendo feito com a nossa Secretaria de Obras, sem contratação de terceirizados.”

População carcerária

De acordo com dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), há no Brasil cerca de 715 mil presos atualmente, sendo 327 mil em regime fechado, 131 mil em regime semiaberto, 9,4 mil em regime aberto, além de 242 mil presos provisórios, aguardando sentença, e 6 mil em prisão domiciliar. O número de vagas é de 416 mil, em 2.635 estabelecimentos prisionais. O Rio de Janeiro, segundo o CNJ, tem 53 mil presos, para um total de 29 mil vagas, em 56 estabelecimentos prisionais.

Outros dados sobre o sistema carcerário brasileiro podem ser acessados na página do CNJ.

Edição: Juliana Andrade

 

Últimas Notícias

Sul e Sudeste se unem e formam consórcio para ações conjuntas
Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
Feiras em São Paulo oferecem oportunidades de intercâmbio no exterior
Treze de 16 docentes relataram casos de agressão na escola de Suzano

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212