Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março - Jornal Brasil em Folhas
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março


Ao menos 200 homens da Força Nacional serão enviados a Belém (PA) a fim de ajudar as equipes de segurança locais no patrulhamento da região metropolitana. Segundo o secretário nacional de Segurança Pública, Guilherme Theophilo, o pedido de auxílio foi feito pelo governo do estado, com base na necessidade de reforço para tentar reduzir os “altos índices de criminalidade”. A expectativa é que a tropa comece a atuar em seis bairros de Belém até o dia 15 de março.

O secretário anunciou o envio da Força Nacional durante coletiva de imprensa para anunciar a retirada “gradual” dos 420 agentes que há um mês atuam no Ceará. De acordo com Theophilo, a Força Nacional e, em menor grau, o Exército, têm sido bastante demandados pelos estados que, sozinhos, não têm conseguido enfrentar “o crescente poderio das organizações criminosas”.

“Há muitos pedidos por manutenção da garantia da lei e da ordem. O crime organizado se espalhou por todo o território brasileiro e, por isso, temos que ser muito incisivos no patrulhamento nas fronteiras, portos e aeroportos. [Temos que] Investir muito em inteligência policial, investigativa, e usar o que há de mais moderno em tecnologia”, disse Theophilo.

Segundo o diretor da Força Nacional, coronel Antônio Aginaldo de Oliveira, os agentes atuarão em conjunto com as forças de segurança locais, em áreas com os mais altos índices de criminalidade de Belém. Se necessário, o contingente poderá ser ampliado até o limite inicial de 500 agentes.

“Segundo o governo estadual, há, na capital paraense, zonas de conflito e áreas com maiores índices de criminalidade. Foram mapeados seis locais onde a tropa da Força Nacional vai atuar e ficará instalada”, disse Oliveira, reforçando a expectativa de que a operação comece até 15 de março.

Brumadinho

A Força Nacional também está atuando em Brumadinho (MG). Bombeiros que integram o grupo especial auxiliam nas buscas às vítimas do rompimento da barragem Mina Córrego do Feijão, no último dia 25. Segundo o secretário nacional de Segurança Pública, os profissionais já atuaram em Mariana (MG), por ocasião do rompimento da barragem da Samarco. “São 60 bombeiros especialistas nesse tipo de calamidade atuando em Brumadinho.”

De acordo com o balanço divulgado pelo Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, ao meio-dia de hoje (5), 64 agentes da Força Nacional integram o grupo de 374 militares mineiros e de outros estados que participam da operação de buscas em Brumadinho. A este número se somam ainda 25 voluntários.

Só esta manhã, 30 equipes de resgate atuavam espalhadas por toda a região atingida pelos rejeitos da barragem. Com a ajuda de máquinas pesadas, incluindo uma escavadeira anfíbia, e cães farejadores, os socorristas tentam encontrar corpos sob a lama, incluindo onde esta já começa a endurecer.

Edição: Fernando Fraga

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212