Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Operação de emergência transfere hóspedes de hotel atingido por chuva - Jornal Brasil em Folhas
Operação de emergência transfere hóspedes de hotel atingido por chuva


Uma operação de emergência foi montada para evacuar 400 hóspedes que estavam no Hotel Sheraton, que foi fortemente atingido pelo temporal de ontem (6). Além de ter a portaria invadida pela água, o hotel está sem luz desde ontem, dependendo de geradores, mas que não são suficientes para alimentar todo o prédio, inclusive os elevadores.

O secretário estadual de Turismo, Otávio Leite, esteve no hotel e ajudou a organizar a operação, em cooperação com o diretor da Companhia de Engenharia de Tráfego do município (CET-Rio), Joaquim Diniz.

Segundo Leite, no momento da enxurrada havia cerca de 800 hóspedes no hotel, mas muitos saíram por conta própria. Os 400 restantes sairão por meio de um comboio de vans e ônibus, que os levarão até um outro hotel, que funciona ao lado do Riocentro, na Barra da Tijuca.

O Sheraton fica exatamente em frente ao local onde houve o desabamento de uma barreira e de uma árvore sobre dois ônibus, que deixou duas pessoas mortas.

O Sheraton se manifestou em nota, dizendo que vem seguindo os protocolos para situações de tempestades e disse que não vai cobrar taxas de cancelamento até o dia 13 de fevereiro. A segurança de nossos hóspedes e associados é sempre a nossa maior prioridade, assinalou o hotel, através de sua assessoria.
Liberação de pista

A liberação da Avenida Niemeyer, uma das principais vias de ligação entre a Barra da Tijuca e a zona sul, ainda não tem prazo definido, segundo Diniz.

Um dos dois ônibus atingido pela avalanche, onde morreram as duas vítimas, foi retirado por volta das 16h15. As operações prosseguem na retirada da árvore que caiu e da grande quantidade de lama, para só depois rebocar o outro ônibus.

O diretor da CET-Rio explicou que os trabalhos deverão prosseguir inclusive à noite e a via só poderá ser liberada quando a pista for limpa e houver garantia de que não haverá novos desmoronamentos.

Matéria atualizada às 14h04 do dia 8/2/2019 para acréscimo da nota do Sheraton

Edição: Fábio Massalli

 

Últimas Notícias

Receita cria chat para regularizar débitos de pessoas físicas
MP facilita registro de empresas nas juntas comerciais
Mudança em servidor foi a causa de instabilidade ontem, diz Facebook
Corte de pessoal gera economia de R$ 200 milhões, afirma presidente
TCU pede informações antes de decidir sobre leilão de ferrovia
Leilão de aeroportos testa novo modelo em blocos
Pretendentes já ofertaram R$ 2,3 bi no leilão de aeroportos
Aeroportos foram arrematados com ágio médio de 986%

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212