Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


11 de Dez de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Cesta de compras para renda mais baixa fica 0,25% mais barata - Jornal Brasil em Folhas
Cesta de compras para renda mais baixa fica 0,25% mais barata


O Índice de Preços ao Consumidor - Classe 1 (IPC-C1), que calcula o custo da cesta de compras para famílias com renda de até 2,5 salários mínimos, registrou deflação (queda de preços) de 0,25% em novembro deste ano. Segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV), em outubro havia sido registrada inflação de 0,78%.

Em 12 meses, o IPC-C1 acumula taxa de 3,8%. As taxas ficaram abaixo das registradas pelo Índice de Preços ao Consumidor – Brasil (IPC-BR), que mede a inflação para todas as faixas de renda e que teve deflação de 0,17% em novembro e alta de preços de 4,24% em 12 meses.

Sete das oito classes de despesas componentes do índice apresentaram queda em suas taxas de variação de outubro para novembro. Três delas chegaram a registrar deflação neste mês: habitação (que caiu de -0,11% para -1,1%), transportes (de 0,71% para -0,42%), saúde e cuidados pessoais (de 0,38% para -0,17%).

Quatro classes tiveram queda na taxa, mas continuaram registrando inflação: alimentação (de 1,17% para 0,34%), vestuário (de 0,73% para 0,14%), educação, leitura e recreação (de 0,37% para 0,27%) e comunicação (de 0,12% para 0,07%).

A única classe com alta na taxa foi a de despesas diversas (que subiu de -0,03% para 0,03%).

Edição: Graça Adjuto

 

Últimas Notícias

Jornalista e radialista Laerte Junior morre aos 52 anos
Prazo para consolidar dívidas do Refis começa nesta segunda
Novo crediário para cartão é estudado para 2019, diz Febraban
Receita libera hoje consulta a sétimo lote de restituição do IR 2018
Intenção de investimentos da indústria cresce 4,4 pontos
Mercado reduz estimativa de inflação pela sétima vez
Demanda por bens industriais cresce 0,3% em outubro
Anatel apreende mais de 126 mil produtos não certificados

MAIS NOTICIAS

 

Novo crediário para cartão é estudado para 2019, diz Febraban
 
 
Demanda por bens industriais cresce 0,3% em outubro
 
 
Diálogo Brasil debate projeto Escola sem Partido
 
 
Brasileiro é eleito para Associação Internacional de Seguridade Social
 
 
Polícia e MP de Goiás vão apurar denúncias contra médium João de Deus
 
 
ONG homenageia policiais militares mortos no estado do Rio

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212