Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 AGU quer que Vale contrate laboratório para analisar água do Paraopeba - Jornal Brasil em Folhas
AGU quer que Vale contrate laboratório para analisar água do Paraopeba


A Advocacia-Geral da União (AGU) ajuizou nesta segunda-feira (11), na Justiça Federal de Minas Gerais, uma ação cautelar pedindo que a mineradora Vale seja obrigada a contratar um laboratório especializado para analisar a qualidade da água do Rio Paraopeba, contaminado pela lama de rejeitos da barragem do córrego da Mina do Feijão, que se rompeu no mês passado, resultando na morte de 160 pessoas e outras 160 desaparecidas. O rio é usado no abastecimento público de 18 municípios mineiros. A informação foi anunciada pelo porta-voz da Presidência da República, Otávio do Rêgo Barros.

O pedido de liminar prevê que as amostras sejam colhidas por agentes do Sistema Único de Saúde e os resultados sejam entregues diretamente à União, disse o porta-voz, em entrevista coletiva no Palácio do Planalto. Se a Justiça autorizar o pedido do governo, os exames laboratoriais deverão analisar se a água do rio foi contaminada por metais pesados como chumbo, manganês, cádimo e arsênio.
Briefing do porta-voz da Presidência, Otávio do Rêgo Barros.

O conselho de ministros do governo federal também está avaliando, em reunião na tarde de hoje (11), uma eventual revisão da liberação de recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) às vítimas do rompimento da barragem em Brumadinho. Segundo o porta-voz da Presidência, a avaliação do governo é que não se trata de um desastre natural, como prevê a lei que trata da liberação do fundo, em casos excepcionais, mas de uma responsabilidade da mineradora. Mais cedo, o ministro chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, antecipou o interesse de mudar a classificação do rompimento de barragens como desastre natural.

Edição: Fernando Fraga

 

Últimas Notícias

Receita cria chat para regularizar débitos de pessoas físicas
MP facilita registro de empresas nas juntas comerciais
Mudança em servidor foi a causa de instabilidade ontem, diz Facebook
Corte de pessoal gera economia de R$ 200 milhões, afirma presidente
TCU pede informações antes de decidir sobre leilão de ferrovia
Leilão de aeroportos testa novo modelo em blocos
Pretendentes já ofertaram R$ 2,3 bi no leilão de aeroportos
Aeroportos foram arrematados com ágio médio de 986%

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212