Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 “É preciso saber o que vamos fazer depois da crise”, diz Marconi - Jornal Brasil em Folhas
“É preciso saber o que vamos fazer depois da crise”, diz Marconi


Ao citar Mahatma Gandhi e a célebre frase que diz que “não existe caminho para a paz, pois a paz é o caminho”, o governador Marconi Perillo afirmou, na manhã desta quinta-feira, que é preciso pensar no pós-crise política e econômica para se encontrar soluções capazes de fazer o país voltar a crescer e se desenvolver economicamente.
“Não dá pra só falar em crise. É preciso saber o que nós vamos fazer depois da crise”, disse Marconi em discurso no Castro’s Park Hotel, na abertura do Seminário Agronegócios e Energias Renováveis, evento realizado pelo Governo de Goiás, por meio da Secretaria Estadual de Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos (Secima), em parceria com o Banco Santander e o jornal Valor Econômico.
Lembrando que grandes guerras mundiais foram motivadas por recursos naturais, alimentos, religião, mas, fundamentalmente, pela falta de diálogo entre povos e nações, Marconi criticou o momento político por que passa o Brasil e disse acreditar que a situação não seria tão crítica se houvesse maior diálogo entre as autoridades políticas e a iniciativa privada.
“Quem sabe se no Brasil nós tivéssemos dialogando temas tão sérios como estes – alimentos, produção, sustentabilidade ambiental – nós não estaríamos envoltos a uma crise política, econômica, moral, de valores e princípios. O que estamos fazendo aqui hoje é buscar diálogo como forma de encontrar saídas e soluções práticas para os grandes desafios que temos nesse momento no país. O diálogo nesse momento torna-se indispensável para buscarmos contornos e soluções para as crises que vivemos hoje”, afirmou.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212