Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Ago de 2017 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Divulgadas reclamações dos consumidores no Nota Goiana - Jornal Brasil em Folhas
Divulgadas reclamações dos consumidores no Nota Goiana


O módulo de reclamação do site da Nota Fiscal Goiana recebeu no mês de março o registro de 591 notas fiscais pelos consumidores inscritos no programa. A maioria das reclamações refere-se à falta de transmissão de dados das compras à Secretaria da Fazenda. Para mais de 60% do total de registros foi encontrada solução pela Coordenação do programa, o que na prática significa que as notas fiscais já vão pontuar nos próximos sorteios. As empresas mencionadas nas reclamações serão notificadas para transmitir as informações à Sefaz.

As notas foram cadastradas no módulo por não aparecerem nas contas dos consumidores no site do programa ou por terem sido emitidas pelas empresas sem o CPF, explica o coordenador da Nota Goiana, Leonardo Vieira de Paula. As notas fiscais reclamadas pelos consumidores foram emitidas por vários segmentos empresariais de todo o Estado, como supermercados, postos de combustíveis, bares e restaurantes, drogarias, perfumarias, conveniências, calçados, móveis, entre outros. Um único supermercado teve 76 notas fiscais reclamadas.

Como funciona o módulo de reclamação
Para cadastrar as notas fiscais, o consumidor deve acessar o site da Nota Goiana, fazer o login, clicar em nova reclamação e escolher um dos três motivos para a reclamação: empresa não emitiu documento fiscal, nota com CPF que não aparece na conta do consumidor no site do programa e, por fim, nota fiscal emitida sem o CPF. Depois, basta preencher os dados da nota fiscal solicitados: Inscrição Estadual, data da emissão, valor e Contador de Ordem de Operação/ número da nota fiscal.

Se a reclamação for referente a notas que não aparecem na conta dos consumidores no site do programa, o sistema da Sefaz realiza busca em seu banco de dados e, caso encontre o documento fiscal, é automaticamente atribuído ao CPF do consumidor para que ele pontue no próximo sorteio. Caso a nota fiscal não seja encontrada, a Sefaz envia comunicado à empresa para ela transmita os arquivos, sob pena de autuação por omissão de entrega de documentos fiscais. No caso de notas fiscais emitidas sem o CPF por negativa ou dificuldades impostas pelas empresas, a Sefaz encaminha os dados ao Procon Estadual, órgão responsável por autuar os contribuintes, conforme prevê a Lei 19.133. A multa é de R$ 200 por documento fiscal.

 

Últimas Notícias

O que Neymar pode nos ensinar sobre carreira
Mesmo sem vitórias na Alemanha, KRT assegura pódio em Lausitzring
Agehab participa de Fórum Nacional de Habitação de Interesse Social em São Paulo
Marconi elogia parceria entre Caixa e Agehab
Deputado Marlúcio confirma que recebeu convite do PTB
Em encontro com Marconi, embaixador da Alemanha diz que Goiás tem potencialidades excelentes
Gustavo anuncia cumprimento do Plano de Carreira dos servidores da saúde
Sindacse elogia esforço de Gustavo em atender demandas dos agentes de saúde

MAIS NOTICIAS

 


CIDADES
Agetul diz que não ‘vê motivo’ para indenizar vítimas Mutirama

O presidente Agetul, Alexandre Magalhães, responsável pelo Parque Mutirama, disse que “não vê motivo” para indenizar as 13 pessoas que se feriram depois de um problema no brinquedo Twister.

 
 
ESPORTE
Neymar evita mal-estar com o Barcelona na apresentação no PSG

Suas primeiras palavras como jogador do Paris Saint Germain (PSG) giraram em torno de uma única ideia. “Quero desafios maiores”, repetiu Neymar em sua apresentação aos meios de comunicação em uma sala de imprensa lotada.

 
 
POLÍTICA
Partidos da base pressionam Temer por cargos de infiéis em votação

Partidos da base aliada de Michel Temer que votaram em massa a favor do presidente, derrubando a denúncia da Procuradoria-Geral da República.

 
 
MUNDO
George Pell se defende: abuso sexual é abominável

O Cardeal George Pell afirmou nesta quinta-feira que entraria de licença do Vaticano para retornar à Austrália e lutar contra as acusações de abuso sexual infantil.

 


 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 4018-8212