Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Dilma compara oposição a vizinho que bota olho gordo na sua casa - Jornal Brasil em Folhas
Dilma compara oposição a vizinho que bota olho gordo na sua casa


A presidente da República, Dilma Rousseff, afirmou na tarde desta sexta-feira (8) que a oposição quer “pescar em águas turvas” e comparou seus adversários a vizinhos que “botam olho gordo na sua casa”.
Em evento para a inauguração de um empreendimento do programa Minha Casa, Minha Vida no Rio, Dilma classificou mais uma vez a movimentação em torno do impeachment como “golpe”.
Ao dizer que “o golpe seria uma afronta a democracia”, ela também voltou a afirmar que não cometeu crime de responsabilidade.
No bairro de Santa Cruz, na zona oeste do Rio, a presidente participou da cerimônia de entrega de mil casas do programa habitacional do governo –outros eventos foram realizados simultaneamente em Minas Gerais, no Pará e no Mato Grosso, totalizando 4.452 imóveis.
A presidente fazia um discurso protocolar quando integrantes de movimentos de esquerda que estavam na plateia puxaram em coro o grito “Não vai ter golpe, vai ter luta”
Aproveitando o ambiente favorável, a presidente trouxe o assunto a tona. “Dizem que o impeachment está na Constituição, mas esquecem de completar que é desde que tenha crime de responsabilidade”.
“O problema é que eu não cometi nenhum crime de responsabilidade. É por isso que o pessoal aqui na frente grita que não vai ter golpe. Não vai ter golpe porque isso seria uma afronta à democracia”, disse a presidente.
Sobre a oposição, Dilma afirmou que um dos motivos para a insatisfação de determinados setores da sociedade decorre do fato de que o governo federal investe em programas sociais como o Minha Casa, Minha Vida.
“Quem pretende interromper o meu mandato é quem acha que é um erro do governo federal colocar recursos no Minha Casa, Minha Vida.”
Ela comparou a oposição a uma espécie de “vizinho invejoso”. A presidente disse querer que o Brasil “não pare de crescer” e que volte a gerar empregos. Ela desejou que a oposição, a quem evitou nominar especificamente, pare com o que o governo federal chama de “quanto pior, melhor”.
“Não queremos que o país pare de crescer, mas aí temos que torcer para que algumas pessoas parem com o ‘quanto pior, melhor’. É como aquele vizinho que bota olho gordo na sua casa. Todo mundo conhece gente assim. É gente que quer pescar em águas turvas”, disse.
A presidente deixou a cerimônia sem falar com a imprensa. Antes de partir no helicóptero oficial, desceu do palco e se aproximou da grade que dividia o público para tirar fotos e cumprimentar beneficiários do programa.

 

Últimas Notícias

Centro está preparado para lançamento de foguete após acidente
Cidades brasileiras integram programa de preservação de florestas
MP denuncia ex-marido de corretora assassinada no Rio
Bolsonaro segue estável e internado no Hospital Albert Einstein
Goiás entra para a elite dos Estados mais competitivos do País
Petrobras eleva gasolina em 2 centavos; diesel permanece inalterado
MME faz consulta sobre planejamento da transmissão de energia elétrica
Inadimplência do consumidor subiu 3,63% em agosto

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212