Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


22 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Presidiários erguem muro que irá separar manifestantes em Brasília - Jornal Brasil em Folhas
Presidiários erguem muro que irá separar manifestantes em Brasília


Um grupo de 30 detentos do regime semiaberto do presídio da Papuda começou a erguer, neste domingo, uma estrutura de placas de metal para separar manifestações contra e a favor do afastamento da presidente Dilma Rousseff. O muro dividirá a zona central da cidade até o dia 17, quando a votação no plenário da Câmara dos Deputados deve ser concluída.
Segundo a Polícia Militar, os detentos estavam sendo monitorados pela Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal. A estimativa da pasta, divulgada sábado, é que os protestos reúnam até 150 mil pessoas, de cada lado, durante a votação do impeachment, totalizando 300 mil manifestantes na Esplanada. Para impedir conflitos entre as duas militâncias, a determinação da Secretaria de Segurança é que, entre os dias 15 e 17, os grupos pró-impeachment fiquem do lado sul da Esplanada e se concentrem no Museu Nacional. Os manifestantes a favor da permanência da presidente no cargo ocuparão o lado norte e terão como ponto de concentração o Teatro Nacional. Bonecos infláveis, fogos de artifício, megafones e uso de máscaras para esconder o rosto estão proibidos para ambos os lados. Apenas dois carros de som serão permitidos para cada grupo. Na manhã de domingo, um grupo pró-impeachment montou um placar da votação em frente ao Congresso Nacional. Placas fincadas no chão com o rosto dos parlamentares diziam se eles eram “a favor”, “contra” ou “indecisos”.

 

Últimas Notícias

Brasil e Europa vão ser interligados por novo cabo submarino
Acordo para mudar nome da Macedônia gera protestos em Atenas
Ghosn está disposto a aceitar qualquer condição para obter fiança
Bombeiros buscam pessoa desaparecida depois de tromba dágua no Rio
Mega-Sena acumula de novo e pode pagar R$ 38 milhões na quarta-feira
Doria regulamenta lei que proíbe máscaras em protestos em São Paulo
Provável exaustão térmica mata militar no Rio
Fiéis vão às ruas para homenagear São Sebastião, padroeiro do Rio

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212