Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Mais de 30 bares participam do Comida di Buteco - Jornal Brasil em Folhas
Mais de 30 bares participam do Comida di Buteco


A edição 2016 do Comida di Buteco começa nesta sexta-feira, dia 15, e vai até o dia 15 de maio, em nove estados e 20 cidades brasileiras. Em Goiânia, 31 estabelecimentos vão disputar o título de melhor boteco da capital goiana. O evento conta com o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SED).

O tema para a criação do tira-gosto é livre, por isso a criatividade vai imperar na hora de preparar as receitas inéditas do concurso. A grande novidade deste ano é que, além da escolha do vencedor em cada cidade, o Comida di Buteco vai eleger o melhor boteco do Brasil, entre todos os campeões municipais.

Em junho, finalizadas todas as premiações locais, um comitê de jurados vai conhecer os vencedores de cada uma das 20 cidades, dará suas notas e, então, elegerá o melhor do País. Assim, o voto de cada um passa a ter uma importância ainda maior, visto que, o melhor da cidade vai concorrer ao título de melhor boteco do Brasil!

Trata-se de um grande momento na história do concurso e um passo importante na sua consolidação como Concurso Nacional. Um passo que reflete em todo o segmento, reiterando a relevância desse perfil de estabelecimento para a cultura e gastronomia brasileiras: o boteco conduzido pelos donos e suas famílias, valorizando a comida caseira mesmo na alimentação fora do lar.

Além da eleição nacional, outro destaque do concurso 2016 é que este será o primeiro ano em que o Comida di Buteco terá um teto no valor do petisco, que será de R$ 25,90. O intuito dos organizadores é facilitar e permitir que o público, em um ano de instabilidade econômica, possa visitar todos ou a maioria dos botecos participantes.

Transformando vidas

A proposta do concurso, que está em sua 17ª edição nacional e 9ª em Goiânia, é transformar vidas por meio da cozinha de raiz e estimular os pequenos estabelecimentos às novas criações, cumprindo assim um importante papel de fomento à cultura gastronômica de boteco. São 17 anos de histórias de vidas transformadas pela força de um evento que mobiliza milhões de pessoas, em várias cidades do Brasil, em volta das mesas dos botecos.

Dinâmica do concurso

O Comida di Buteco não é festival. É um concurso! Cada participante cria um tira-gosto para concorrer. O público e um corpo de jurados têm de visitar os botecos, provar e votar. A média entre os quesitos avaliados garante o resultado da premiação. São avaliados, de 1 a 10, o tira-gosto (70% da pontuação), o atendimento (10%), a higiene do local (10%) e a temperatura da bebida servida (10%). O voto do júri vale 50% e do público 50%.

O Instituto de Pesquisas Vox Populi é o responsável pela apuração dos votos nas 20 cidades e também do 1º Campeão Nacional. Em Goiânia, o anúncio dos vencedores será realizado na tradicional Saideira, que ocorrerá no mês de junho, em data a confirmar.

Perfil dos botecos

A organização do Comida di Buteco escolhe para participar do concurso os botecos considerados ‘espontâneos’. Trata-se daquele boteco em que o proprietário, obrigatoriamente, administra o negócio; sua história e seu dia a dia comungam com a identidade do dono, que na maioria das vezes conta com a força de trabalho de mais pessoas da sua família. O boteco espontâneo não faz parte de uma rede ou franquia de marca.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212