Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Anel pode substituir cartão - Jornal Brasil em Folhas
Anel pode substituir cartão


São Paulo, 14 (AE) - Pagar as compras sem ter de colocar a mão no bolso ou mexer no celular. Essa é a proposta da startup catarinense Atar, que aposta em tecnologias vestíveis como futuro dos meios de pagamento. A ideia é que você vista a sua carteira e não tenha mais de andar cheio de coisas por aí, resume o cofundador e CEO da Atar, Orlando Purim Junior, de 24 anos.

Fundada em janeiro de 2014, em Timbó, a 30 km de Blumenau, em Santa Catarina, a startup já recebeu sete prêmios de inovação no Brasil e soma aportes de R$ 400 mil.

Apesar dos acessórios vestíveis não serem de todo uma novidade no mercado - basta lembrar dos óculos do Google e dos relógios inteligentes da Apple e da Microsoft -, a Atar quer inovar com um dispositivo que as pessoas não precisem recarregar a bateria. Para isso, a empresa usa a tecnologia Near Field Communications (NFC), que permite transmitir dados por aproximação. A máquina de cartão de crédito e débito é a parte ativa da comunicação. É só aproximar o anel da máquina e, após o reconhecimento, digitar a senha, explica Purim.

Por ora, apenas 50 pessoas - em Santa Catarina e São Paulo - testam o anel para pagamentos. Entre elas, estão funcionários do Bradesco, uma vez que a startup fez parte do programa InovaBra, que promove a colaboração do banco com as startups.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212