Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Polícia prende família suspeita de assassinato para receber seguro - Jornal Brasil em Folhas
Polícia prende família suspeita de assassinato para receber seguro


Suspeitos de participação na morte do representante comercial Jucimar dos Santos Bezerra, de 33 anos, morto a tiros em agosto de 2015, foram presos na Operação Brasilis e apresentados na manhã desta segunda-feira (25/4) em Goiânia. A motivação do crime, segundo a Polícia Civil, seria o recebimento de seguros de vida em nome da vítima que totalizam cerca de R$ 120 mil. Todas as pessoas detidas pertencem à mesmo família.
Ainda de acordo com a polícia, as investigações duraram cerca de seis meses e resultou na operação denominada “Brasilis”, em alusão ao sobrenome da família envolvida no homicídio. Jucimar dos Santos foi executado no Setor Mansões Eldorado, em Goiânia.
De acordo com o delegado adjunto da DIH, Rilmo Braga, todos os suspeitos confessaram o crime, porém negaram que o motivo esteja ligado a questões financeiras. As alegações dos envolvidos apontam para suposto comportamento agressivo da vítima que, segundo relatos, demonstrava descontrole emocional e até agredia membros da família com freqüência.
Ainda de acordo com o delegado Rilmo Braga, após as investigações e acompanhamento de movimentações bancárias dos envolvidos, a polícia apurou que um banco já pagou R$ 30 mil. “Deste valor, a viúva confessou que repassou R$ 5 mil ao sobrinho para que ele pudesse pagar um advogado”, afirmou o adjunto da DIH ao relatar que a Polícia Civil já entrou em contato com as demais instituições financeiras para que sejam suspensos outros pagamentos.

O crime - Um dos detidos, sobrinho de Jucimar, informou à polícia que atraiu a vítima para uma oficina mecânica, alegando defeito em uma motocicleta. No caminho o sobrinho teria parado a moto e pedido para que o tio a empurrasse. Assim que Jucimar dos Santos Bezerra desceu da garupa já foi atingido por dois de três disparos de uma pistola 380. O delegado Rilmo Braga afirma que a vítima chegou a ser socorrida pela Polícia Militar e que, no caminho para o hospital, ele teria afirmado que o sobrinho era o autor do crime, fato que ajudou os policiais durante as investigações. “Em posse dessas informações iniciamos o trabalho de monitoramento das casas, bancário e das escolas dos sobrinhos”, relatou.

 

Últimas Notícias

Sul e Sudeste se unem e formam consórcio para ações conjuntas
Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
Feiras em São Paulo oferecem oportunidades de intercâmbio no exterior
Treze de 16 docentes relataram casos de agressão na escola de Suzano

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212