Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Jogos brasileiros chegam aos consoles - Jornal Brasil em Folhas
Jogos brasileiros chegam aos consoles


São Paulo, 14 (AE) - Uma nova geração de jogos brasileiros está chegando aos principais videogames do mercado, o Xbox One (Microsoft) e o PlayStation 4 (Sony). A nova safra de games desenvolvidos em território nacional inclui títulos como Chroma Squad, no qual um grupo de dublês se rebela contra seu estúdio e produz um seriado de robôs gigantes japoneses, e Horizon Chase, um jogo de corrida que traz carros velozes correndo pelas ruas de cidades brasileiras como Salvador, Brasília e Niterói.

Por décadas considerada um sonho pelos desenvolvedores de jogos nacionais, a presença nos consoles agora é cada vez mais uma realidade.

Os consoles sempre foram o maior símbolo da indústria de games. Apesar da presença forte dos jogos móveis, é nos consoles que ainda estão os maiores investimentos e faturamentos da indústria de games, explica o diretor de negócios da Aquiris Game Studio, Sandro Manfredini, responsável pelo Horizon Chase.

Lançado em agosto para os celulares da Apple, o jogo de corrida propõe uma volta ao mundo no estilo do clássico Top Gear e deve chegar no primeiro trimestre de 2016 ao PlayStation 4. Jogar um game no console é como assistir a um filme no cinema, resume o diretor da Webcore Games, Philip Mangione. Criado há mais de 15 anos, o estúdio paulistano está produzindo My Night Job, game inspirado nos filmes de terror dos anos 1980, e que sairá para o PS4 no primeiro semestre do ano que vem.

Expostos no estande de PlayStation durante a Brasil Game Show, feira de games que acontece até hoje no Expo Center Norte, em São Paulo, Horizon Chase e My Night Job seguem os passos dos pioneiros Krinkle Krusher, Toren e Aritana e a Pena da Harpia - os dois primeiros chegaram ao PS4 em abril, enquanto Aritana, produzido pela paulistana Duaik Entretenimento, foi o primeiro jogo brasileiro a chegar ao console da Microsoft.

É incrível saber que eu faço parte da história do Xbox One, diz o cofundador do estúdio, Pérsis Duaik. Ele conseguiu chegar ao console da Microsoft com apoio do [email protected], programa de incentivo aos desenvolvedores independentes criado pela empresa em 2014.

Apoio

Mais de 30 desenvolvedores brasileiros fazem parte do [email protected] e pelo menos cinco jogos vão chegar ao Xbox One até o fim do primeiro semestre de 2016. Para o gerente-geral de Xbox no País, Willen Puccinelli, o número mostra que os brasileiros alcançaram um novo estágio na indústria de games. Já conseguimos fabricar os videogames por aqui e deixar os jogos em português. Agora, é hora de mostrar que podemos levar os nossos jogos para fora, diz o executivo.

A Sony, por sua vez, tem um programa de incubação de desenvolvedoras, criado em 2013 para apoiar a produção independente em todo o mundo. Segundo a empresa, mais de 20 empresas no Brasil contam com o kit de desenvolvimento para criar jogos para o PS4. Os jogos independentes renovam a indústria como um todo, explica o gerente de PlayStation para América Latina, Anderson Gracias.

Os dois programas funcionam de forma semelhante: Sony e Microsoft cedem às produtoras brasileiras kits de desenvolvimento - versões dos videogames utilizadas para testes durante a criação dos games - e oferecem apoio para divulgar e certificar o game, o que garante o padrão de qualidade.

O principal apoio do [email protected] é a entrega dos kits, que são difíceis de serem adquiridos sem o suporte do programa, diz um dos criadores do game Unnamed Fiasco, Diego Barbosa. O time de Niterói vai lançar o jogo de mesmo nome no Xbox One e no PC em 2016. O Shiny é o nosso primeiro jogo, e graças ao programa, um clipe do nosso trabalho foi exibido na E3 desse ano, diz o cofundador do estúdio paulistano Garage 227, Rafael Lima. Ele se refere à maior feira de jogos eletrônicos do mundo, realizada em Los Angeles (EUA).

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212