Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 UnB promove semana para valorização da comunidade indígena - Jornal Brasil em Folhas
UnB promove semana para valorização da comunidade indígena


Com um ritual de benzimento, a Associação de Acadêmicos Indígenas da Universidade de Brasília (UnB), com apoio da Coordenação da Questão Indígena da Diretoria da Diversidade, iniciou hoje (18) a 2ª Semana dos Acadêmicos Indígenas da UnB, que vai até o dia 20 de abril. Durante o evento, serão realizadas atividades culturais, acadêmicas e debates com reflexões sobre a questão indígena e os desafios do estudante na universidade. O encontro ocorre no Centro de Convivência Multicultural dos Povos Indígenas – Maloca.

A estudante de ciências sociais Braulina Baniwa, da comunidade indígena Baniwa, no Alto do Rio Negro, no Amazonas, entrou na UnB por meio de vestibular específico e falou sobre a importância de o povo indígena se mostrar presente e enfrentar o preconceito. “A semana é uma forma de dizer que também estamos presentes na universidade. Estamos em construção político-pedagógica para que o evento
se torne uma agenda anual, a nossa intenção é que tenham outras turmas de estudantes indígenas. Esse processo de estar presente é muito importante e abre um desafio para a universidade de como receber a diversidade, não só os indígenas. Ainda passamos por desafio no enfrentamento ao racismo e estamos em processo de construção para o combate”, disse a estudante.

Segundo Braunila Baniwa, durante o evento, serão realizados debates para discutir a presença indígena no ensino superior. “Vamos discutir durante esses três dias a presença indígena e o desafio de estar na graduação, pós-graduação, [de ser] mestrando, doutorando, para continuar essa luta de ser reconhecido como diversidade, mas com respeito. Ainda somos vistos como diferença, as pessoas nos enxergam nus, pintados e de cocar. Trabalhamos nosso conhecimento tradicional com acesso à tecnologia”, completou.

A UnB tem atualmente 40 alunos matriculados no curso de graduação e cerca de 20 matriculados em pós-graduação. No total, 22 alunos indígenas já se formaram na universidade.

 

Últimas Notícias

Estimativa do mercado para inflação cai pela quarta vez seguida
Autoridades de Cuba anunciam retorno de médicos antes do fim do ano
Guatemala monitora atividades de vulcão que pode ter novas erupções
Marcelo Piloto é extraditado do Paraguai para o Brasil
Ex-CEO da Nissan é preso no Japão suspeito de reduzir próprio lucro
Governador eleito do Rio promete nova concessão para o Maracanã
Relatório alerta que há 45 barragens sob ameaça de desabamento
Relatório alerta que há 45 barragens sob ameaça de desabamento

MAIS NOTICIAS

 

Estimativa do mercado para inflação cai pela quarta vez seguida
 
 
Autoridades de Cuba anunciam retorno de médicos antes do fim do ano
 
 
Guatemala monitora atividades de vulcão que pode ter novas erupções
 
 
Ex-CEO da Nissan é preso no Japão suspeito de reduzir próprio lucro
 
 
Governador eleito do Rio promete nova concessão para o Maracanã
 
 
Relatório alerta que há 45 barragens sob ameaça de desabamento

 


 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212