Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Justiça do Trabalho está na vanguarda da digitalização de processos - Jornal Brasil em Folhas
Justiça do Trabalho está na vanguarda da digitalização de processos


Além da grande economia de papel e de energia elétrica, a digitalização de processos traz, também, maior transparência e rapidez na tramitação. De acordo com a Secretaria de Tecnologia da Informação (STI) do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), aproximadamente 6,3 milhões de processos trabalhistas já foram digitalizados, o que representa 84% dos 7,5 milhões de processos digitalizados em todas as instâncias do Judiciário no país.

Para o presidente do CSJT, ministro Ives Gandra Martins Filho, a Justiça do Trabalho é vanguardista no Poder Judiciário. “No Brasil, com mais de 70 milhões de processos, apenas 10% estão em via eletrônica. Nesse processo de digitalização, quem efetivamente se engajou foi a Justiça do Trabalho, que tem hoje praticamente 100% dos processos em via eletrônica”, salientou.

Para o ministro, o próximo desafio é tornar a aparência do processo judicial eletrônico cada vez mais amigável. “Os programas vão se sucedendo e evoluindo para que a pessoa não precise de ajuda, para que os comandos sejam intuitivos. Temos trabalhado muito para fazer com que cada versão desse sistema facilite ainda mais a vida do advogado, do procurador e do juiz; e que as pessoas possam acessar de qualquer parte do Brasil e do mundo”, disse Ives Gandra.

O sistema de Processo Judicial Eletrônico da Justiça do Trabalho (Pje-JT), instalado em 2011, é utilizado pelos 24 tribunais regionais do Trabalho, e está integrado com praticamente 100% das varas do Trabalho em todo o país. A exceção são algumas varas localizadas especificamente no TRT da 8ª Região, no Pará, que não têm infraestrutura mínima de telecomunicação compatível com os requisitos do sistema para funcionarem.

O Tribunal Regional do Trabalho em Campinas (SP) é o que mais utiliza o sistema eletrônico, com cerca de 890 mil processos registrados. Na sequência, estão os tribunais do Rio de Janeiro e São Paulo, com 812 mil e 727 mil processos trabalhistas, respectivamente.

O número de usuários que acessam o Pje-JT quase dobrou neste ano, comparado ao mesmo período do ano passado. Subiu de 588 mil, em 2015, para 965 mil este ano.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212