Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


25 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Mara Gabrilli pede que Temer não reduza direitos das pessoas com deficiência - Jornal Brasil em Folhas
Mara Gabrilli pede que Temer não reduza direitos das pessoas com deficiência


Em conversa com o vice-presidente da República, Michel Temer, a deputada Mara Gabrilli (PSDB-SP) fez um alerta hoje (26) para que a eventual mudança no comando do país, caso o Senado decida afastar a presidenta Dilma Rousseff, não afete políticas direcionadas às pessoas com deficiência. Segundo a deputada, que é tetraplégica, essa parcela da população é a mais afetada em momentos de crise.

“Vim conversar sobre a situação das pessoas com deficiência no país. Pedir ajuda para esse público para não retroceder [com as políticas] e avançar. Para ele [Temer] não esquecer disso. Não sou candidata a nada, quero contribuir com o meu conhecimento e o meu trabalho e focada nesse público, que é sempre esquecido”, disse a deputada após deixar o gabinete do vice-presidente.

Há várias semanas, em especial após a Câmara dos Deputados aprovar a admissibilidade do impeachment de Dilma, Temer tem sido procurado por deputados, senadores e representantes de setores da economia para tratar da possível sucessão.

Para Mara Gabrilli, o país tem deixado a desejar na atenção às pessoas com deficiência, principalmente na política de oferta de órteses e próteses. “É uma vergonha o estado em que o Brasil se encontra. Temos uma das piores políticas do mundo em dispensação de órteses e próteses, com estados em que [as pessoas] esperam mais de cinco anos o SUS [Sistema Único de Saúde] entregar uma cadeira de rodas para uma criança. Em São Paulo, que tem uma média mais rápida, a espera é de um ano e oito meses”, criticou.

Perguntada sobre a participação do PSDB em um futuro governo Temer, a deputada disse que o partido, como “protagonista do impeachment”, não pode fugir da responsabilidade para com o país. “Tem que ter responsabilidade e compromisso com o país, não pode virar as costas nessa hora. Tem que cuidar do Brasil, usar os talentos que tem e oferecer, compartilhar isso com o país.”

Além de Mara Gabrilli, também se reuniram esta tarde com Temer a senadora Marta Suplicy (PMDB-SP) e o senador Magno Malta (PR-ES).

 

Últimas Notícias

Empresários brasileiros apostam em alimentos e bebidas saudáveis
Temporal no RS deixa mais de 360 mil residências sem luz
Livro aborda mentiras contadas por presidentes do Brasil em 100 anos
Setor da cachaça lança manifesto contra carga tributária
Polícia busca PM sequestrado por criminosos na zona oeste do Rio
Bolsonaro passa bem e tem dreno retirado do abdome
PM encontra carro de policial sequestrado no Rio
Festival de Brasília termina hoje com entrega de premiações

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212