Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Governo de Goiás beneficia 40 famílias com moradia e 50 com Reforma em Cezarina - Jornal Brasil em Folhas
Governo de Goiás beneficia 40 famílias com moradia e 50 com Reforma em Cezarina


É fácil entender porque o Residencial Linda Vista, em Cezarina, tem esse nome. Localizado em local privilegiado, ao lado de um parque ecológico, dali é possível enxergar todo o município e montes ao redor. É neste local e também no bairro ao lado, Jardim das Acácias, onde o Governo de Goiás, por meio da Agência Goiana de Habitação (Agehab), construiu 40 moradias entregues nesta segunda-feira (02/05). Nas presenças do presidente da Agehab, Luiz Stival, e do secretário Vilmar Rocha (Secima), que representou o governador Marconi Perillo, as famílias receberam as chaves de suas casas durante a realização da 6ª. Conferência Nacional das Cidades em Cezarina.
Também foram entregues 50 Cheques Mais Moradia modalidade Reforma e a primeira etapa do Cheque Comunitário para construção de uma praça na Avenida Brasil, no Setor Boa Vista, no valor total de R$ 60 mil. Luiz Stival explica que a crise econômica e política vivida no País chega a afetar o Estado, mas a sensibilidade do governador Marconi permitiu que os trabalhos sociais tivessem continuidade. Segundo ele, quem ganha é a população que mais necessita. O presidente da Agehab diz que são mais de 19 mil moradias em construção em Goiás, fruto de parceria da Agehab com as prefeituras, entidades sociais e o governo federal.
O empreendimento em Cezarina foi construído com recursos do Cheque Mais Moradia, do Governo Estadual, e do programa Oferta Pública Sub-50/2, do governo federal, em parceria com a prefeitura. O presidente da Agehab afirma que o investimento para construção dos Residenciais Linda Vista e Jardim das Acácias foi de R$ 1,2 milhão, sendo R$ 200 mil do Governo Estadual, com o Cheque Mais Moradia. Ele lembra que é proibido vender a casa recebida. “Se alguém vende ou aluga a casa, é porque não precisa. Nós temos a obrigação de garantir que essa unidade habitacional chegue às mãos dos mais necessitados”, afirmou.
A dona de casa Lunivone Alves dos Santos, 47 anos, e o funcionário público Sonimar Borges dos Santos, 49, estão encantados com a nova moradia. Desde que souberam o endereço, trataram de providenciar um pequeno pomar no quintal. Já plantaram mexerica, laranja, tamarindo, limão e manga. Lunivone praticamente atravessa a cidade todos os dias para jogar água nas plantas de manhã e à tarde. Ela quer que os quatro netos possam aproveitar as árvores do local.
Na casa ao lado, vai morar a desempregada Deusirene Alves de Oliveira, 33 anos. Mãe de quatro filhos, ela conta que estava difícil pagar as contas só com a renda do marido. “Antes eu nem ousava sonhar, porque o dinheiro ia quase todo para o aluguel, mas agora quero ver meus filhos na faculdade”, planeja. Ela dividia um mesmo lote com outras duas famílias, em uma casa antiga e cheia de goteiras. “Olhar para essa casa novinha é uma bênção. Às vezes eu paro e penso: Deus é maravilhoso para nós, porque essa conquista não é fácil. Tem gente que passa a vida sem saber o que é ter uma casa”, reflete.
A vendedora Cristiane Gonçalves de Lima, 36 anos, é outra beneficiada. Ela tem três filhos e está realizando todos os seus sonhos. Este ano, Cristiane voltou a estudar e já está no primeiro ano do ensino médio. “Agora, com esta casa, acho que tudo é possível. Ninguém me segura!”, declara.
Reforma
Não menos feliz, a trabalhadora rural Geralda Maria Silva, 54 anos, recebeu o Cheque Reforma que permitirá a reforma em sua moradia, no distrito de Linda Vista. A prioridade de Geralda é a renovação do banheiro e o assentamento de cerâmica na casa, onde ela já mora há 14 anos. No valor de R$ 3 mil por unidade, o Cheque Reforma possibilita a melhoria de moradias em condições precárias.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212