EUA questiona plano antidrogas da Colômbia por envolver Farc

0 Shares
0
0
0
0

Os Estados Unidos questionaram nesta terça-feira o plano antidrogas da Colômbia por envolver a ex-guerrilha das Farc, e pediram ao governo colombiano para garantir que o pacto de paz com os rebeldes não seja usado por narcotraficantes para evitar a extradição.

William Brownfield, responsável pela luta antinarcóticos no Departamento de Estado americano, fez estas afirmações ao expressar a profunda e crescente preocupação do governo de Donald Trump pelo aumento na Colômbia do cultivo de coca, base da cocaína.

Os Estados Unidos não apoiam atualmente o programa de erradicação voluntária e substituição de cultivos do governo colombiano porque as Farc estão envolvidas em alguns aspectos do programa, disse Brownfield.

E (as Farc) continuam sendo designadas como Organização Terrorista Estrangeira (FTO em inglês) em várias leis e regimes de sanções americanas, acrescentou, durante uma audiência no Senado sobre os esforços americanos contra o narcotráfico na Colômbia.

As Farc, que até completar seu desarmamento – em meados de agosto – eram o maior grupo rebelde da América, admitiram ter usado o narcotráfico como fonte de financiamento para a conflagração. Mas no acordo histórico assinado em novembro passado para pôr fim a meio século de conflito armado se comprometeram a ajudar o Estado a combater o tráfico de drogas.

Brownfield lamentou que entre 2013 e 2016, quando o acordo de paz era negociado – apoiado por Washington-, o cultivo de coca na Colômbia aumentou mais de 130%, passando de 80.500 hectares em 2013 para 188.000 hectares em 2016.

Depois de anos de progresso na luta contra o cultivo de coca e a produção de cocaína, a Colômbia é mais uma vez o maior produtor mundial de cocaína e, origem de aproximadamente 92% da cocaína apreendida nos Estados Unidos, disse.

As Farc são o principal facilitador da atual situação de narcóticos na Colômbia, disse o diplomata, grande conhecedor desse país, onde foi embaixador entre 2007 e 2010. – BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 37819

0 Shares
You May Also Like