Irma se transforma em furacão de categoria 5 rumo às Pequenas Antilhas

0 Shares
0
0
0
0

O furacão Irma chegou nesta terça-feira à categoria 5, a maior na escala de intensidade Saffir-Simpson, enquanto continua seu deslocamento rumo às Pequenas Antilhas, no Caribe, informou o Centro Nacional de Furacões (NHC) dos Estados Unidos.

O extremamente perigoso furacão Irma, o quarto da temporada de furacões no Atlântico, apresenta ventos máximos de 280 km/h e se encontra a 440 quilômetros ao leste de Antigua e a 445 quilômetros ao sudeste de Barbuda, nas Pequenas Antilhas.

O ciclone se desloca rumo ao oeste com uma velocidade de translação de 22 km/h, indicou o NHC em um boletim especial.

Espera-se que mantenha esta trajetória até a noite desta terça-feira, quando deve seguir em direção ao noroeste e passar perto ou sobre partes do norte das Pequenas Antilhas ainda hoje ou na madrugada de quarta-feira.

O governo de Barbados emitiu um aviso de tempestade tropical para Dominica e há um aviso de furacão para as ilhas de Antigua, Barbuda, Anguilla, Montserrat, São Cristóvão e Nevis; bem como para as ilhas de Saba, Santo Eustáquio, São Martinho, São Bartolomeu, Ilhas Virgens Britânicas, Ilhas Virgens Americanas, Porto Rico, Vieques e Culebra.

Também está em vigor uma vigilância de furacão para Guadalupe e Dominica.

O ciclone passou na manhã da última quinta-feira diretamente de tempestade tropical para furacão de categoria 2 e rapidamente se transformou em um furacão maior, ao subir para a categoria 3 na escala de intensidade de Saffir-Simpson, que vai até 5.

A primeira tempestade tropical de 2017 foi Arlene, que se formou em abril no Atlântico, mais de um mês antes do começo da temporada de furacões.

Depois vieram Bret, Cindy, Don, Emily e Franklin, que se tornou o primeiro furacão da temporada. Em seguida, Gert, o segundo furacão, Harvey, que alcançou a categoria 4, e agora Irma, que chegou à categoria 5. EFE
– BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 37751

0 Shares
You May Also Like