Prestes a tocar terra, Max ganha força e gera chuvas no sul do México

0 Shares
0
0
0
0

O furacão Max provoca fortes chuvas no estado de Guerrero, no sul do México, e em questão de poucas horas deve entrar no território do país, informou nesta quinta-feira o Serviço Meteorológico Nacional (SMN).

O olho do furacão Max, de categoria 1, está a 20 quilômetros ao sul da linha da costa do município de San Marcos, no estado de Guerrero, causando chuvas intensas a torrenciais, ventos fortes e ondas elevadas em Guerrero, Oaxaca e Michoacán, disse o SMN em seu boletim das 13h (horário local; 15h de Brasília).

Pela direção de seu deslocamento, Max deve chegar hoje às imediações dos municípios de Marquelia e Juchitán, em Guerrero.

O sistema nacional de Proteção Civil decretou alerta vermelho (perigo máximo) para o litoral de Guerrero e laranja (risco alto) no de Oaxaca, o estado mais afetado pelo violento terremoto de magnitude 8,2 ocorrido em 7 de setembro.

Max, que se formou ontem no Oceano Pacífico, se desloca a leste a 13 quilômetros por hora enquanto desenvolve ventos máximos sustentados de 140 quilômetros por hora e rajadas de 165 km/h.

Max é o 13º ciclone tropical que se formou nesta temporada de furacões em águas do Pacífico mexicano.

O último deles, Lidia, castigou a peninsula da Baixa Califórnia no começo deste mês e deixou sete mortoss, além de inundações e danos em infra-estruturas. – BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 38436

0 Shares
You May Also Like