S&P eleva nota da dívida de Portugal

0 Shares
0
0
0
0

A melhoria das condições econômicas de Portugal e a redução do déficit orçamentário levaram a agência de classificação Standard and Poors a aumentar, nesta sexta-feira, a nota da dívida daquele país, tirando-a da categoria de investimentos especulativos.

A nota atribuída à dívida portuguesa subiu um degrau, de BB+ para BBB-, o que indica uma perspectiva estável e menos risco em suas condições de financiamento, indicou a S&P num comunicado.

A alta reflete nossa previsão melhorada para o crescimento do PIB de Portugal durante 2017-2020, bem como os progressos sólidos realizados em reduzir seu déficit orçamentário.

A agência prevê que a economia do país vai crescer mais que 2% em média até 2020, acima da previsão anterior de 1,5%.

Lisboa deve cumprir sua meta de déficit orçamentário de 1,5% do PIB neste ano, colocando a dívida pública em relação ao PIB em um caminho mais firme de declínio, aponta a nota.

Portugal registra seu quarto ano seguido de crescimento e, em junho, o país antecipou um pagamento ao Fundo Monetário Internacional (FMI) do empréstimo de 29,6 bilhões de euros que recebeu em 2011, como parte de um plano de resgate.

O FMI projeta que a economia do país vai avançar 2,5% neste ano e 2% em 2018.
– BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 38175

0 Shares
You May Also Like