Três soldados da ONU são mortos em ataque no Mali

0 Shares
0
0
0
0

Ao menos três capacetes azuis da ONU no Mali foram mortos neste domingo em um ataque ao seu comboio no norte do país, informaram fontes concordantes.

A Missão das Nações Unidas no Mali (Minusma) anunciou em um comunicado um primeiro balanço de três mortos e cinco feridos neste ataque lançado às 07h00 GMT (4h00 de Brasília), contra um comboio na estrada Anefis-Gao que estavam escoltando.

O Exército de Bangladesh anunciou em Daca que as vítimas eram seus cidadãos, acrescentando que seu contingente dentro da força da ONU havia repelido outro ataque no sábado.

O número dois da Minusma, Koen Davids, citado no comunicado da ONU, condenou o ataque, reiterando o compromisso da Minusma com o governo do Mali e os movimentos signatários em seus esforços para implementar o acordo de paz de 2015.

No dia 5 de setembro, dois soldados da Minusma foram mortos e dois feridos em um ataque semelhante no nordeste do Mali.

Mobilizada desde julho de 2013, a Minusma é a missão de paz da ONU mais custosa em termos de perdas humanas, atrás da Somália (1993-1995), com mais de 80 soldados mortos em operação.

O norte do Mali caiu em abril de 2012 nas mãos de grupos jihadistas ligados à Al-Qaeda, após a retirada do Exército.
– BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 38529

0 Shares
You May Also Like