Vereador cobra agilidade na gestão das secretarias municipais

0 Shares
0
0
0
0

O vereador aparecidense, João Santana (PRP) está preocupado com o andamento de algumas secretarias municipais em Aparecida de Goiânia, já que muitas demandas estão emperradas por uma única vilã: a burocracia.
A maior parte das ações do vereador que visam atender a população, depende de solicitações que vão parar nas secretarias.” Se a gente solicita alguma coisa na Secretaria de Educação, por exemplo, somos informados que determinada solicitação depende de uma outra pasta, que acaba emperrando e não dá o devido andamento em nossos pedidos”, reclama o vereador.
De acordo com levantamento do parlamentar, nos quesitos burocracia e demora, uma das pastas mais afetadas é a Secretaria Municipal de Saúde, que em muitos casos depende da Secretaria Municipal da Fazenda e setores como licitação e controle interno. São processos demorados, que podem comprometer a compra de medicamentos e insumos para as unidades de saúde. “Na era da informatização de sistemas e com tanta tecnologia é inadmissível sabermos que existem processos que estão fazendo aniversário em determinadas secretarias. A saúde, por exemplo, não pode esperar”, protesta João Santana.
O impasse também atinge praticamente todas as secretarias, uma vez que a reclamação dos secretários é a mesma. Áreas como a limpeza urbana e a sinalização da cidade vivem momentos difíceis. “Na Secretaria de Desenvolvimento Urbano venceu o contrato com a empresa que coleta entulhos e os caminhões estão parados, já na Mobilidade Urbana, o secretário Arnaldo Leite nos reportou que falta todo tipo de material, e não há previsão de compra, um absurdo”, conta o vereador.
João Santana pretende iniciar na Câmara Municipal um trabalho para apurar as causas que emperram o andamento de algumas pastas, que dependem do trabalho de outras. “Precisamos descobrir os motivos, porém mais que isso cobrar agilidade. O prefeito Gustavo Mendanha garantiu uma administração eficiente e temos certeza que ele não concorda com este tipo de comportamento de alguns auxiliares”, defende. – BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 38506

0 Shares
You May Also Like