Ação deixa de ser patinho feio e entra para lista de notáveis da XP

0 Shares
0
0
0
0

SÃO PAULO – As ações do banco Santander (SANB11) receberam recomendação de compra do time de analistas da XP Investimentos, que incluiu a empresa em sua lista de notáveis. A recomendação é voltada para investidores com perfil de longo prazo, como alternativa de diversificação de carteiras.

Se olharmos para o passado não tão distante, o Banco sempre foi o patinho feio do setor, com baixo crescimento e reduzida rentabilidade. Mas os resultados chegaram e o Santander Brasil apresentou expansão de 587bps no ROE de 2015 para cá, ficando muito próximo de seus principais concorrentes privados, avalia a XP, em relatório enviado a clientes.

Segundo os analistas, a sinalização é de que este patamar veio para ficar nos próximos anos, podendo fazer com que o Santander se consolide como o segundo melhor banco em termos de rentabilidade sobre o patrimônio. O Santander reportou forte expansão do lucro líquido em 2017 (+36% gerencial), somando quase R$ 10 bilhões – no maior resultado da história do banco no país.

A equipe de análise da XP fixou preço-alvo de R$ 42,50, valor 11,6% acima do fechamento de sexta-feira (23) no cenário-base, ou seja, com bons resultados, leve expansão das carteiras de credito, inadimplência controlada e rentabilidade próxima ao patamar entre 17% e 18%.

Em um cenário otimista, a valorização seria de 16,9%, para R$ 44,50, conforme estimativas dos analistas. Esse cenário engloba duas principais variáveis superando as expectativas: a velocidade da expansão das carteiras de credito e a inadimplência melhorando mais rápido. Tal combinação pode resultar em rentabilidade acima de 18% ao longo do ano, avalia a XP.

Já em um cenário de estresse – caso a expansão das carteiras seja decepcionante e a inadimplência não dê sinais de melhora, prejudicando a lucratividade e a rentabilidade -, a ação poderia cair 12%, para R$ 33,50.

Dividendos Com mais lucro e melhor rentabilidade, o banco passou a ser também um bom investimento para quem busca retorno por meio de dividendos, destacam os analistas. Somente em 2017 foram distribuídos R$ 6,3 bilhões com rentabilidade (dividend yield) de 5,8%.

A expectativa para os dividendos neste ano também é positiva. Enquanto a média do setor gira em torno de 3,2%, a estimativa de dividend yield do Santander é de 5,2% para 2018. Olhando para rentabilidade sob o patrimônio, seus pares apresentam expectativa de ficar em média próximo de 15,9% este ano, no entanto o Santander deve manter o patamar próximo entre 17% e 18% nos próximos trimestres, afirmam os analistas.
– BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 53462

0 Shares
You May Also Like