Forças Armadas direcionaram Orçamento para ação no Rio de Janeiro, diz ministro

0 Shares
0
0
0
0

As Forças Armadas estão redirecionando o próprio Orçamento deste ano para a ação no Rio de Janeiro, segundo o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. Nós temos verbas disponíveis dentro do Orçamento para a ação das Forças Armadas no Rio de Janeiro. Até o momento não há nenhum pedido especifico de recursos adicionais, disse hoje (21) à jornalistas.

Na segunda-feira (19), o ministro afirmou que, com o Orçamento de 2018 já no limite do teto de gastos, o governo federal terá que remanejar recursos de outras áreas para investir nas Forças Armadas, caso o Exército precise de mais dinheiro para atuar no Rio de Janeiro. Esses recursos podem ser usados, por exemplo, para combustível ou armamento.

Meirelles acrescentou que o pedido deve vir das Forças Armadas, mais especificamente, do general Walter Souza Braga Netto, designado como interventor. Cabe ao estado do Rio de Janeiro manter os pagamentos usuais. O Rio de Janeiro segue cumprindo com as suas despesas normais de pagamento dos policiais, do trânsito, do combustível dos veículos, da polícia. Isso não altera, continua normalmente, diz Meirelles.

O ministro acrescentou que a pasta está trabalhando pela recuperação financeira do estado, por meio do Regime de Recuperação Fiscal dos Estados. O governo do estado recebeu um empréstimo bancário de cerca de R$ 2,9 bilhões a partir da penhora de ações da Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro.

Segundo o ministro, um novo empréstimo, que tem como garantia royalties do petróleo e deverá ser de aproximadamente R$ 1 bilhão, deverá ser feito ao Rio de Janeiro.

Edição: Valéria Aguiar
– BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 52879

0 Shares
You May Also Like