Número dois do Unicef se demite acusado de conduta inapropriada com mulheres

Redação Redação

O número dois do Unicef, o britânico Justin Forsyth, renunciou ao cargo nesta quinta-feira após ser acusado de conduta inapropriada com mulheres quando trabalhava na organização britânica Save The Children, informou o Fundo das Nações Unidas para a Infância.

A diretora executiva Henrietta Fore aceitou hoje a renúncia de Justin Forsyth a seu cargo de vice-diretor do Unicef, indicou o organismo em um comunicado.

Somos agradecidos a Forsyth por seu trabalho nos últimos dois anos em defesa das crianças mais vulneráveis e para ajudar a avançar a missão do Unicef de salvar a vida de crianças. Esta missão é agora mais importante do que nunca, acrescenta o texto.

Forsyth desculpou-se mais uma vez por seus erros passados, mas disse que sua decisão de renunciar foi motivada pela preocupação de que o escândalo afetasse as duas organizações.

Quero deixar claro que não renunciou ao Unicef por causa dos erros que cometi na Save the Children. Já foram tratados em um processo apropriado há muitos anos, destacou em um comunicado.

Renuncio pelo risco de trazer danos tanto ao Unicef quanto à Save the Children e a nossa mais ampla causa. Duas organizações que realmente amo e respeito. Não posso deixar que isto ocorra.

Forsyth se tornou vice-diretor executivo do Unicef em 2016, depois de deixar o cargo de diretor executivo da Save the Children, onde enfrentou denúncias de três funcionárias. Ele teria enviado mensagens inapropriadas e feito comentários sobre suas roupas.

O secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, anunciou este mês uma política de tolerância zero sobre assédio sexual na organização mundial.
– BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 52941

A BRASIL EM FOLHAS utiliza cookies e tecnologias semelhantes, como explicado em nossa Política de Privacidade, para recomendar conteúdo e publicidade. Ao navegar por nosso conteúdo, o usuário aceita tais condições. Aceitar Consulte mais informação

Política de Privacidade e Cookies