Presidente do STF recebe pais de vítimas da boate Kiss

Redação Redação


A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, recebeu na quinta-feira (22) representantes da Associação dos Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria (AVTSM) – Boate Kiss. Eles conversaram sobre questão que envolve acusação de promotores do Ministério Público do Rio Grande do Sul (MP-RS) contra pais das vítimas do incêndio em Santa Maria (RS) por suposta prática dos crimes de calúnia e difamação.

Os parentes estão sendo acusados de fazerem críticas na imprensa sobre a condução do inquérito e afixarem cartazes com documentos que comprovariam, em tese, omissão do MP gaúcho.

De acordo com Flávio José da Silva e Paulo Carvalho, pais que participaram da audiência com a ministra Cármen Lúcia nesta quinta-feira (22), os membros do Ministério Público sabiam que a casa noturna não tinha condições de funcionar. “A boate nunca funcionou com os documentos em dia”, afirmaram.

Segundo eles, a matéria deve chegar ao Supremo em razão de um recurso que será interposto futuramente. Atualmente, há um processo sobre a questão em trâmite no Superior Tribunal de Justiça (STJ). – BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 53106

A BRASIL EM FOLHAS utiliza cookies e tecnologias semelhantes, como explicado em nossa Política de Privacidade, para recomendar conteúdo e publicidade. Ao navegar por nosso conteúdo, o usuário aceita tais condições. Aceitar Consulte mais informação

Política de Privacidade e Cookies