Dia do Ouvidor: usuário da Rede pode opinar sobre atendimento

0 Shares
0
0
0
0

No dia do Ouvidor, celebrado nesta sexta-feira (16), São Paulo reforça seu pioneirismo, agora com pesquisa de satisfação do usuário do serviço público, exigência que consta da Lei 13.460/2017, que prevê também as atribuições e deveres das ouvidorias públicas, como forma de tratamento e o prazo de resposta final às denúncias, reclamações, solicitações, sugestões e elogios dos cidadãos.

No Estado de São Paulo, a pesquisa de satisfação foi implantada de forma experimental no final de 2016 e definitivamente em janeiro de 2017, antes da sanção da lei.

Assim, toda manifestação concluída por meio do sistema eletrônico da Rede Paulista de Ouvidorias – crítica, sugestão ou elogio – conta, ao final, com uma pesquisa que busca avaliar eventuais dificuldades de acesso, atendimento, satisfação com a resposta recebida e importância da ouvidoria. O cidadão pode escolher se deseja ou não respondê-la.

“O objetivo é a melhoria dos serviços e a excelência no atendimento”, afirma o ouvidor geral do Estado, Gustavo Ungaro. A Rede Paulista de Ouvidorias conta hoje com mais de 390 ouvidorias.

Resultados

A pesquisa de satisfação do usuário do serviço público estadual registrou mais de 3,6 mil questionários respondidos em 2017, trazendo informações valiosas da Rede Paulista de Ouvidorias – entre elas, de que as respostas ao cidadão são fornecidas rapidamente, entre 1 e 10 dias (54% das respostas, mesmo o prazo legal sendo de 20 dias).

Um terço dos usuários declarou-se plenamente atendido na conclusão da demanda, e um quarto deles (25,8%) disse discordar da solução apresentada pela ouvidoria; apesar disso, 70% dos usuários utilizariam novamente o serviço das ouvidorias. – BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 56219

0 Shares
You May Also Like