SES avalia processo de implantação do Sistema Nacional de Gestão de Assistência Farmacêutica

0 Shares
0
0
0
0

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) realizou uma oficina em Cuiabá, nos dias 14 e 15 de março, para avaliar o processo de implantação do Hórus – Sistema Nacional de Gestão de Assistência Farmacêutica. O evento, coordenado pela Superintendência de Assistência Farmacêutica (SAF), em parceria com o Ministério da Saúde e o Escritório de Projetos e Serviços da ONU (Unops), também focou nas perspectivas do avanço do sistema, que faz o controle e gerenciamento de estoque, cadastros, e distribuição de medicamentos.

O Hórus, programa fornecido gratuitamente pelo Ministério da Saúde, já está em execução na Central Estadual de Abastecimento e Distribuição de Insumos de Saúde (Ceadis) da SES, na Farmácia de Atendimento ao Componente Especializado (Farmácia de Alto Custo) em Cuiabá, que conta hoje com mais de 13 mil pacientes cadastrados no sistema, e nas farmácias de alguns Escritórios Regionais de Saúde e municípios do Estado.

Durante a oficina, a Comissão de Elaboração do Plano Estadual de Assistência Farmacêutica apresentou trabalhos realizados pelos técnicos da SES e SAF e a Comissão Permanente de Farmácia e Terapêutica (CPFT) mostrou a elaboração de protocolos estaduais de dispensação de medicamentos para doenças como diabetes e fibrose cística, bem como outros trabalhos e atividades da CPFT.

“Outras demandas da SES, também discutidas com os técnicos do Ministério estiveram relacionadas à utilização do Sistema Hórus no componente básico e estratégico da Assistência Farmacêutica que visitaram, inclusive, o Ceadis e discutiram os fluxos de atendimento a pacientes e estabelecimentos da SES e municípios, como para tuberculose, hanseníase, febre amarela, malária, HIV e AIDS, entre outros”, explicou a coordenadora de Políticas e Assistência Farmacêutica, Luci Emília Grzybowski de Oliveira.

O segundo dia de atividades contou com representantes do Departamento de Assistência Farmacêutica do Ministério da Saúde (DAF/MS), que apresentaram dados sobre os módulos do Sistema Hórus em Mato Grosso e também discutiram temas como a ampliação do uso do sistema na SES e em todos os serviços farmacêuticos públicos do Estado. A Base Nacional de Dados de Ações e Serviços da Assistência Farmacêutica no SUS, que servirá de integração de dados de estados, municípios e governo federal e dará transparência de indicadores e resultados da política no país, também foi apresentada aos profissionais presentes.

Na ocasião, aproveitando a oportunidade da presença de representantes do Ministério da Saúde, alguns futuros compromissos foram citados com a SAF/SES e com o Unops, além de agendamentos a respeito de protocolos clínicos e diretrizes terapêuticas direcionadas aos técnicos da assistência farmacêutica e prescritores.

Participaram da oficina equipes de coordenadores, gerentes e técnicos da SES, municípios e representantes do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e Ministério Público Estadual (MPE), além de integrantes da mesa, que contou com as presenças dos coordenadores do Departamento de Assistência Farmacêutica, Héber Bernarde e Lorena Brito; do técnico analista Robson Matos; da Secretária-adjunta de Serviços de Saúde da SES, Siriana Silva, da superintendente de Assistência Farmacêutica Betina Vandoni, e do consultor do Unops Suetônio Queiroz.


– BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 56324

0 Shares
You May Also Like