Tenho R$ 350 por mês para investir: aplico em ações ou em renda fixa?

0 Shares
0
0
0
0

SÃO PAULO – Um leitor enviou uma pergunta para o InfoMoney sobre seus investimentos. Ele conta que tem disponibilidade de aplicar R$ 350 por mês, mas está em dúvida se aproveita o bom momento da Bolsa brasileira e compra ações ou se investe em renda fixa. O detalhe: ele ainda não tem uma reserva de emergência.

O analista-chefe da Rico Investimentos, Roberto Indech, respondeu, no programa “Como viver de renda fixa”, que é preciso estar atento aos custos envolvidos nas operações, como a corretagem, e colocar na ponta do lápis se esses gastos compensam os aportes e os rendimentos.

Na quarta-feira (1), o analista Thiago Salomão divulgou sua carteira com 5 ações para investir em março com menos de R$ 200 que atende ao perfil de aplicação procurada pelo leitor.

Sobre a ausência de um fundo de emergências, Indech explicou que partir para os riscos da renda variável ou ficar na segurança da renda fixa dependerá, além do apetite ao risco, da idade do investidor. Se for mais jovem e tiver um perfil um pouco mais arrojada pode fazer sentido ir para ações, pondera o analista.

Indech explica ainda que há a opção de alternar os investimentos mensais em renda fixa e ações, para ir construindo aos poucos um patrimônio em aplicações menos arriscadas. – BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 54050

0 Shares
You May Also Like