24 Horas de Spinning de São Paulo termina com 17.830 quilômetros pedalados

0 Shares
0
0
0
0

As 24 Horas de Spinning de São Paulo terminaram às 10h deste domingo com 17.830 quilômetros pedalados pelas 23 equipes participantes da prova. A competição começou às 10h de sábado, no Parque das Bicicletas, simultaneamente às 24 Horas de Le Mans, a mais tradicional etapa do Campeonato Mundial de Endurance (FIA WEC) e que foi transmitida ao vivo no local.

O evento, organizado pelas 6 Horas de São Paulo, em parceria com a rede de academias Bodytech, reverterá o total de quilômetros percorridos em investimentos de infraestrutura do Parque das Bicicletas. “Essa é mais uma forma de retribuirmos a acolhida que as 6 Horas de São Paulo têm recebido da cidade. O apoio da Prefeitura de São e da secretaria municipal de Turismo foram determinantes para o sucesso de hoje. Estamos nos preparando para um grande evento no ano que vem e já fica aqui o nosso convite a todos para se divertirem com a gente”, afirma Aline Villate, diretora geral das 6 Horas de São Paulo, anunciando que haverá nova etapa de spinning em Interlagos, em fevereiro.

Premiação

A equipe campeã foi a da Bike 17. Veja abaixo a lista dos cinco primeiros colocados:
1º lugar – Bike 17 (Blog Viver com Pedal – 902,7 quilômetros)
2º lugar – Bike 4 (Bodytech Eldorado – 885,7 quilômetros)
3º lugar – Bike 14 (Bodytech Indianópolis – 884,2 quilômetros)
4º lugar – Bike 1 (Bodytech Santana – 869,5 quilômetros)
5º lugar – Bike 11 (Bodytech Iguatemi – 867,2 quilômetros)

A equipe vencedora levou seis pares de credenciais para o Paddock da 6 Horas de São Paulo, quinta etapa do Campeonato Mundial de Endurance (FIA WEC), que será realizada no Autódromo de Interlagos entre os dias 30 de janeiro e 1 de fevereiro de 2020. Os segundos colocados receberam seis pares de ingressos para a arquibancada B. Já os terceiros colocados ganharam seis pares de ingressos para a arquibancada A. Os demais participantes que postarem uma foto no Instagram, com a hashtag da prova, também levam um ingresso individual para a arquibancada A.

Le Mans – vitória tripla do Brasil!

A competição também foi acirrada na pista francesa. O mundo do automobilismo estava de olho na prova mais importante do ano, com os 61 carros e 183 pilotos que largaram em busca da consagração na prova mais lendária do mundo. A vitória geral ficou com o Toyota #8 do Fernando Alonso, ao lado de Kazuki Nakajima e Sébastien Buemi, campeões da temporada do WEC. Nas outras categorias, vitórias de brasileiros. Na LMP2, André Negrão que conquistou o título do WEC ao lado de Nicolas Lapierre e Pierre Thiriet. Na LMGTE Pro, Daniel Serra conquistou sua segunda vitória em Le Mans, dessa vez com os companheiros Alessandro Pier Guidi e James Calado, e na LMGTE Am, vitória de Felipe Fraga na sua estreia em Le Mans, junto de Ben Keating e Jeroen Bleekemolen. Bruno Senna chegou em quarto na LMP1. Ainda na LMGTE Pro, Augusto Farfus terminou em décimo primeiro e Pipo Derani em décimo segundo. Rodrigo Baptista, em sua primeira 24 Horas de Le Mans, conquistou um pódio com o terceiro lugar na categoria LMGTE Am.

Sobre as 6 Horas de São Paulo

As 6 Horas de São Paulo são a quinta etapa da temporada 2019-2020 do Campeonato Mundial de Endurance (FIA WEC) que acontecerá entre os dias 30 de janeiro e 1 de fevereiro do próximo ano no Autódromo de Interlagos. A empresa N/DUDUCH Motorsports é a promotora e organizadora, responsável por transformar o templo do automobilismo brasileiro em um grande parque de diversões com programação completa para toda a família nos três dias de duração. O festival de velocidade contará com diversas ações de entretenimento incluindo shows musicais, simuladores, roda-gigante, arborismo, opções de alimentação e muito mais, além da corrida com seis horas de duração no sábado.


– BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 76513

0 Shares
You May Also Like