Entrega do Minha Casa, Minha Vida beneficia mais de cinco mil pessoas em Belém, no Pará

0 Shares
0
0
0
0

“A entrega dessas moradias é a realização de um sonho para essas famílias, para as mais de cinco mil pessoas que serão atendidas. Com a aprovação do aporte de R$ 1 bilhão nesta semana, pelo Congresso Nacional, conseguiremos realizar o sonho de mais pessoas. Esse recurso permitirá a contratação de 26 mil novas unidades habitacionais em todo o País e a geração de 50 mil empregos. Esse é o Brasil que queremos e que precisamos”, comemorou o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, durante a entrega de 1.296 unidades do Programa Minha Casa, Minha Vida, em Belém, no Pará.

O Residencial Quintas dos Paricás, localizado no bairro Outeiro, é da Faixa 1, que atende famílias que possuem renda de até R$ 1,8 mil mensais. Cerca de cinco mil pessoas serão contempladas com a inauguração, que contou com a participação do presidente da República, Jair Bolsonaro; do governador Helder Barbalho; e do presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães.

Localizado a 15 quilômetros do aeroporto de Belém e a 25 do Centro da cidade, o conjunto tem acesso pavimentado. Quando estiver totalmente concluído, serão 2.720 moradias – destas, 320 já foram concluídas no início deste ano. As 1.104 restantes estão com as obras em andamento. O investimento do empreendimento foi de R$ 168,6 milhões, com mais de 10,8 mil pessoas beneficiadas.

O conjunto habitacional atende às exigências de qualidade do programa e é equipado com infraestrutura completa, como: pavimentação; redes de água; esgotamento sanitário; drenagem; energia elétrica; além do acesso ao transporte público. Cada unidade tem 43,82 m², com dois quartos, sala, cozinha, área de serviço e banheiro social. Com custo unitário de R$ 62 mil, o residencial terá dois parques infantis, duas quadras esportivas e unidades adaptadas a portadores de necessidades especiais.

Investimentos no Pará – Desde o início do Programa, em 2009, o estado do Pará foi contemplado com investimentos da ordem de R$ 9,75 bilhões. Foram contratadas 161,9 mil unidades habitacionais, das quais mais de 104 mil foram entregues, beneficiando 416 mil pessoas.

Reformulação – O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) estuda uma nova proposta para o programa de habitação social. A nova Política Nacional de Habitação (PNH) deve contemplar duas estratégias de atendimento habitacional: promoção do acesso à moradia para a redução do déficit habitacional; e promoção da melhoria das condições de moradia. O objetivo é combater a inadequação dos domicílios e assentamentos precários. – BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 76444

0 Shares
You May Also Like