Japão diz que não há problema imediato com abastecimento de petróleo

Redação Redação

O ministro da Economia, Comércio e Indústria do Japão, Isshu Sugawara, disse hoje (17), em Tóquio, que não há problema imediato com o abastecimento de petróleo no país, após os ataques a instalações de produção da commodity na Arábia Saudita.

O Japão tem forte dependência do Oriente Médio para suas importações de petróleo.

Entretanto, Sugawara disse que o país tem reservas para mais de 230 dias de consumo interno.

Ele acrescentou que vai monitorar cautelosamente o impacto dos ataques sobre o abastecimento no Japão, bem como os movimentos do mercado de petróleo.

Informou, ainda, que o Japão pode liberar parte de suas reservas, se necessário, em cooperação com a Agência Internacional de Energia e outros países. – NHK – I5D 4181

A BRASIL EM FOLHAS utiliza cookies e tecnologias semelhantes, como explicado em nossa Política de Privacidade, para recomendar conteúdo e publicidade. Ao navegar por nosso conteúdo, o usuário aceita tais condições. Aceitar Consulte mais informação

Política de Privacidade e Cookies