Famílias de Valparaíso comemoram conquista da moradia em mais dois residenciais entregues pelo Governo de Goiás e Caixa

0 Shares
0
0
0
0

Mais 186 famílias de Valparaíso, no Entorno do Distrito Federal, receberam ontem (10/12) as chaves da casa própria, fruto da parceria entre o Governo de Goiás e a Caixa Econômica Federal. O presidente da Agência Goiana de Habitação (Agehab), Eurípedes do Carmo, que representou o governador Ronaldo Caiado, anunciou durante a entrega a contratação de mais 1.500 moradias para os municípios da região. Esta foi a segunda entrega de moradias realizada este ano pelo Governo de Goiás em Valparaíso, beneficiando um total de 282 famílias, dentre as quais a do casal Cléia Dias de Carvalho e Júlio César de Oliveira Barros, que comemoraram a conquista: “Depois de muitas tentativas, finalmente conseguimos realizar o nosso sonho de uma moradia própria. Só conseguimos porque teve a ajuda dos R$ 15 mil do Governo de Goiás. Usei mais R$ 3 mil do meu FGTS e, assim, cobrimos o valor da entrada”, contou a auxiliar de serviços gerais Cléia Dias, que vai morar no Residencial Buritis II, em um apartamento de dois quartos, sala, cozinha, banheiro, área de serviço e uma vaga na garagem.

A solenidade contou com as presenças do senador Luiz do Carmo, dos prefeitos de Valparaíso, Pábio Mossoró, de Luziânia, Cristóvão Tormin, e lideranças da região. O presidente Eurípedes do Carmo destacou que a construção de moradias é uma das prioridades do governador Ronaldo Caiado, que tem feito todo o aporte necessário de recursos para que as obras iniciadas sejam concluídas e o programa habitacional avance para beneficiar todos os municípios.

Foram dois residenciais entregues, o Buritis II, com 96 apartamentos, e o Praia dos Amores V, com 90 apartamentos, todos no mesmo padrão do que a Cléia vai morar, pagando financiamento em 30 anos, com parcela inicial de R$ 485,00. Ela deixa para trás um aluguel de R$ 500,00 para finalmente viver com segurança: “Aqui tudo é muito bom, tudo perto. É uma vitória termos realizado esse sonho, sair do aluguel e morar no que é nosso. Só penso agora nos móveis planejados para meu apartamento”.

O jovem casal Dayane Cavalcante, 22 anos, e Lucas Dantas Leandro, 25 anos, também comemoraram muito a conquista da casa própria no Residencial Praia dos Amores. Ela está grávida de sete meses e espera estar com tudo preparado na casa nova para a chegada da filha, Luna, em fevereiro. Acompanhados do filho David, de 5 anos, eles receberam as chaves das mãos do presidente da Agehab, Eurípedes do Carmo. “Moramos na casa dos meus pais. Começaremos aqui uma vida nova, onde vamos construir nossa família, ficar no nosso cantinho com os nossos filhos. Não existe coisa melhor”, comemorou Dayane, frisando que os R$ 15 mil de subsídios recebidos do programa de habitação do Estado proporcionaram a realização do sonho de sua família. “Se não fosse essa ajuda, não teríamos conseguido, pois não tínhamos dinheiro para a entrada”, acrescentou.

O repositor de supermercado Adriano Assis do Vale também vai deixar o aluguel para pagar uma prestação de R$ 502,00 em financiamento de 30 anos. “Ganhei o subsídio do Estado de R$ 15 mil e completei com R$ 1,2 mil do meu FGTS. Então consegui resolver o problema da entrada. Nas tentativas anteriores que fiz não consegui por causa da entrada. Não tinha esse dinheiro. Esse programa é muito bom, ajuda demais a gente”, contou Adriano, que destacou as qualidades do local onde vai morar, o Praia dos Amores: “O lugar é muito bom, próximo a hospital, faculdade e comércio. Viver de aluguel é muito ruim. Vivia mudando. As mudanças acabam com os móveis. Aqui, sei que vou conseguir viver bem e progredir”.

A professora Jakeline da Silva Morais, 34 anos, solteira, e a filha Ana Luiza, de 9 anos, vão morar no Praia dos Amores pagando parcelas de R$ 437,00 em financiamento de 30 anos da Caixa. Assim como os outros beneficiários do programa de moradia do Governo de Goiás, Jakeline recebeu subsídio de R$ 15 mil que ajudou a bancar a entrada e reduzir o valor das parcelas do financiamento. “Completei o valor da entrada com R$ 2,7 mil do meu FGTS. Fiquei muito feliz com essa ajuda. Agora é só pegar as chaves e providenciar a mudança, mobiliar e decorar o apartamento do meu jeito. A minha filha vai ter o seu primeiro quarto. Aqui tem muito espaço para ela brincar e com segurança. Seremos muito felizes aqui, em nosso cantinho”, contou Jakeline.

Trabalhando em Brasília e morando em Valparaíso, o militar César Augusto Neto, 48 anos, também comemorou muito ao receber as chaves do apartamento onde vai morar com a mulher Antônia Cleide, 35 anos, e os filhos João Otávio, 5 anos, e Maria Alice, de seis meses. “Este ano aconteceu tudo de bom na nossa vida. Nossa segunda filha, a casa própria e o nosso casamento, que vai acontecer este mês. A casa é uma segurança também para quando eu entrar na reserva”, concluiu César Augusto. – Assessoria de Imprensa Agência Goiana de Habitação – I5D 7316

0 Shares
You May Also Like