Férias escolares chamam atenção para os cuidados com crianças dentro d’água

0 Shares
0
0
0
0

Com o início do período de férias escolares, alguns cuidados são indispensáveis para as crianças, e um deles são as atividades dentro d’água. O afogamento está entre as principais causas de morte em crianças de 0 a 9 anos. Na faixa etária de 1 a 4 anos de idade, o índice de óbitos acidentais aumenta. Para prevenir situações trágicas, é necessário haver atenção ao supervisionar as crianças que brincam perto da água.

Dados do Corpo de Bombeiros demonstram que houve um aumento do número de afogamentos registrados em Goiás. Enquanto que em 2018 foram contabilizados 59 atendimentos por afogamento, em 2019 a quantidade cresceu para 76 casos. No mês de outubro, de sete atendimentos por afogamento registrados em 2018, o mesmo período em 2019 apontou para 11 atendimentos.

Ações como cobrir a piscina quando não utilizar, deixar o celular de lado por um momento enquanto a atenção está voltada para as crianças, além de colocar o colete salva vidas oferecem proteção, porém a melhor forma de preparar uma criança para o contato com a água é colocá-la em uma aula de natação. Mesmo baldes e vasos sanitários merecem atenção, pois alguns segundos de descuido podem colocar a vida de uma criança em risco.

As orientações ao nado já podem ser feitas a partir dos seis meses de vida, promovendo o devido preparo da saúde infantil. Não existe limite de idade para aprender a natação. Profissionais da Baby Raia Natação Infantil podem esclarecer todas as dúvidas acerca dos cuidados especiais com os pequenos nos próximos dias de férias. – Izadora Louise – VMAX Assessoria de Imprensa e Marketing – I5D 7317

0 Shares
You May Also Like